Favoritos

dorival feelings

por   /  19/08/2009  /  0:18

mar1

quem nasce perto do mar quer sempre voltar. é isso que eu aprendi depois de alguns anos de são paulo. a poesia concreta de suas esquinas é realmente linda, sp, mas que a gente precisa de mar pra lavar tudo de ruim e se encher de energia pra conseguir tudo de melhor, ah, a gente precisa

mar3

mar4

mar2

mar5

as fotos são de 1) laura; 2) mate; 3) tear.drop; 4) jelena; 5) aleksandra

hiato

por   /  18/08/2009  /  23:55

comma

a gente passa todos os minutos da vida tentando se comunicar. do momento que a gente acorda até aquele em que a gente vai dormir e pensa que, finalmente, terá um descanso. mas aí a gente sonha, e o insconciente trata de querer dizer alguma coisa, mesmo que da forma mais esdrúxula que nem um filme de lynch consegue antecipar. são horas na internet, mais alguns minutos no telefone. milhões de links, de leituras tão rápidas que, quando a gente vai ler no papel, a vista vai pulando alguns trechos. e ainda tem a vida real, né? a gente encontra amigos, bate papo de cinco minutos com os conhecidos, pede informação no meio da rua. é muita informação. é muita tentativa que nem sempre dá em alguma coisa. e pra quê? pra quê tanto excesso? tem hora em que tudo que a gente precisa é de silêncio.

a foto é um comma pendant, da chao & eero

sunday feelings

por   /  16/08/2009  /  13:56

sf1

é hoje! tem coisa mais legal do que escutar música boa com os amigos, bebendo uns drinks e conversando muito? se eu fosse você, ia pro squat a partir das 15h de hoje!  =)

Domingo tem cara de programas típicos, daqueles de ficar em casa curando a ressaca até andar de bicleta no parque pela manhã. Mas não tem dia melhor pra todo mundo fazer um esforço e encontrar os amigos pra um almoço cheio de papo furado dos bons e aquelas fofocas que surgiram durante a semana.  E pra fazer a turma sair de casa, nada melhor que um lugar com boa comida e uma trilha que embale até o sol ir embora.

A Funhell resolveu juntar esses elementos no recém inaugurado Squat, na alameda Itu no Jardins. Todos os domingos, a Sunday Feelings vai trazer o cardápio de comidas e drinks do restaurante acompanhado de boa música. Teremos três djs convidados discotecando a cada edição, e a regra é não ter regra. Nós garantimos o arroz com feijão indie-rock, e os participantes vão trazer o que acham que cabe melhor pra descontrair uma tarde de domingo.

vejam mais: http://funhell.wordpress.com/2009/08/13/sundayfeelings/

o que é o amor pra você hoje? por anderson leonardo

por   /  14/08/2009  /  16:57

se vocês me perguntarem que conselho eu tenho pra dar nesta ensolarada sexta-feira, direi: bom é ser feliz com o molejão! vão dançar pagode em um lugar bem longe com um amigo querido, cantem todas as pérolas do cancioneiro popular e relembrem os bons tempos em que vocês freqüentavam domingueiras de bandas cover de pagode

ontem, quando vivi tudo isso, perguntei o que é o amor pra anderson leonardo, o grande homem à frente do grupo molejo. citando emilio santigo, ele falou: “o que é o amor? pergunta sem resposta… quem sabe o coração, quem sabe…”. e nos brindou com um pout-porri do molejo! no meio do show, ainda falou “danielaaaa, danielaaaa”, olhando nos meus olhos

foi mesmo uma noite inesquecível! confiram   =)

revista boca convida

por   /  13/08/2009  /  11:55

boca2009postal02

a boca é uma espécie de rojo brasileira. idealizada pelos queridos lucídio leão, rodrigo sushi, sebba cavalcanti e bruna pedrosa, a revista ganha segunda edição em 2009. se você é artista plástico, designer, tatuador, ilustrador, grafiteiro ou tem qualquer talento para se expressar visualmente, envie sua contribuição até 31 de agosto. se eu fosse você, faria isso! a primeira edição é LINDA demais  =)

A Boca é uma revista de matérias visuais, sem texto, composta por trabalhos de colaboradores. Por isso, a Boca está aberta para quem ilustra, tatua, grafita, fotografa e para quem mais se expressa visualmente. Iniciativa pioneira, a Boca é um canal de divulgação, e também um suporte para onde artistas possam criar com exclusividade.

As propostas, com tema livre, deverão ser enviadas até o dia 31 de agosto de 2009, armazenadas em CD ou DVD. A Boca não cobra nenhuma taxa de participação, como também não paga pelas obras publicadas. O autor, caso selecionado, além de ver seus trabalhos publicados e receber cinco exemplares da revista, terá em mãos um suporte que já ganhou, no primeiro número, reconhecimento de qualidade editorial e gráfica.

As colaborações deverão ser entregues no escritório do Grupo Paés. Os trabalhos também podem ser enviados pelos Correios. Nesse caso, será considerada a data da postagem. O regulamento e dicas com a melhor maneira de fechar os arquivos estão disponíveis no www.revistaboca.org

arte  ·  design  ·  ilustracao