Favoritos

os garotos de carol paz

por   /  26/11/2009  /  19:30

carol paz precisou de apenas um garoto para fazer uma série de pinturas deslumbrantes. “les garçons” partiu das fotografias que a artista fez de um amigo e que, anós após a revelação, foram transformadas em sete quadros pintados com óleo em tela.

o resultado é sua primeira exposição individual, que fica em cartaz na galeria da academia brasileira de arte (abra), na vila mariana, até 18 de dezembro

confiram uma mini-entrevista que fiz com carol. e vejam mais seus trabalhos em http://www.flickr.com/photos/carolpaz/

* Quando foi que você começou a pintar? E o que te motiva a fazer isso?

Meu interesse especial pela imagem começou durante a faculdade de Ciências Sociais, quando descobri a Antropologia Visual. Comecei a fotografar e logo estava fazendo mais que registros. Estava compondo.

Desde então, tenho uma vontade intensa de produzir imagens. A pintura é pra mim algo como uma continuação da fotografia. Não é a toa que eu pinto aquilo que fotografei.

* Quais são suas técnicas e seus temas preferidos?

Hoje pinto a óleo sobre papel e sobre tela. Já pintei muito com acrílica. Não tenho uma técnica rígida. Vou experimentando, descobrindo e criando meu próprio jeito, minhas cores, minha “grafia”. A pintura é o meu meio de expressão hoje, mas amanhã pode ser o desenho, a fotografia, enfim os caminhos são múltiplos e quero deixá-los em aberto.

Meu tema é a figura humana mas não o retrato. Em minhas imagens busco tratar de um indivíduo mais universal, genérico, contextualizado na contemporaneidade mas que possa ser “qualquer um”.

* Como você define seu estilo?

Prefiro não definir. Deixo para os “entendidos”.

* O que você espera com essa exposição?

Ah… Espero que abra várias leituras, que eu encontre novos interlocutores e que possa conhecer desdobramentos de interpretação que me surpreendam.

“Les Garçons”, de Carolina Paz
Galeria ABRA Vila Mariana (r.  Domingos de Morais, 2267, Vila Mariana, SP)
Até 18 de dezembro
De segunda a quinta, das 9h às 21h
Sextas das 9h às 19h; sábado das 9h às 14h
Entrada gratuita
Tel.: (11) 3564-2696