Favoritos

na continente multicultural

por   /  27/09/2011  /  11:20

Carol Almeida e Schneider Carpegianni fizeram uma matéria ótima pra Continente sobre O que está no entorno do verbo “curtir”. Falei um pouquinho sobre o assunto, mas só dá pra ver a revista impressa mesmo _é a edição número 129!

Abaixo, um techinho do texto deles:

A receita de bolo de liquidificador, a mais nova linha de esmaltes cintilantes, o popular cachorro Boo, a piada pronta sobre a política nacional, a política nacional, as guerras lá fora, esta revista, seu vizinho, seu amor, seu estranho, a morte daquela celebridade que você “curtiu”, ainda que o verbo não seja condizente com a natureza da notícia… O que nos leva de volta à receita de bolo de liquidificador – esse conjunto de coisas tangíveis e intangíveis, que é possível “curtir” em um dia noFacebook e no Twitter. E não apenas curtir. Mas “curtir” para os outros. O que, na verdade, tem nome próprio e se chama compartilhar.

Um impulso que é natural do homem, esse de compartilhar, mas que até bem pouco tempo não tinha as ferramentas necessárias para que fosse vivenciado numa escala industrial, a ponto de transformar esse gosto dirigido em uma dinâmica social, ironicamente, mais profunda e cheia de camadas. Ironicamente, porque tomamos esses gostos – ou likes, como batizaria Mark Zuckenberg, nome por trás do Facebook –, por trivialidades do cotidiano, escapanos a memória recente de um tempo, não muito lá atrás e ainda presente em diversos setores da sociedade. Um tempo em que nossos gostos eram ditados por esse Godzilla a que se costuma chamar de “grande mídia”.

contente  ·  entrevistas  ·  especial don't touch  ·  internet

serafina

por   /  25/09/2011  /  18:38

Tô tão feliz!

Saiu hoje uma matéria minha na Serafina, uma das revistas da Folha de S.Paulo!

Ainda não dá pra ler online, então peguem o jornal mais próximo!

Meu texto é o Ensina-se a viver, sobre a School of Life, escola do filósofo Alain de Botton  =)

Enquanto isso, aproveitem para saber mais de Brad Pitt, em um texto ótimo de Fernanda Ezabella > Aos 47 anos, Brad Pitt não liga para os números

fotografe sua música favorita

por   /  23/09/2011  /  17:00

Gente bonita, temos mais uma missão especial no Instamission, desta vez patrocinada pela Coca Cola!

A #instamission35 pega carona no Rock in Rio e pede: fotografe sua música preferida.

Usem a criatividade para traduzir em imagens as canções vocês ouvem desde sempre!

Ao fim da missão, o Instamission vai escolher as cinco fotos mais legais. Os eleitos vão ganhar uma caixinha de som da Coca Cola.

Vamos nessa?  =)

Mais em > http://estudiomovel.cocacola.com.br/instamission/regulamento.html

mixtape #63: shin oliva suzuki

por   /  22/09/2011  /  11:58

O Shin Oliva Suzuki é fã de afrobeat. Eu também. E daí pedi pra ele uma mixtape temática, que ele fez no capricho!

Ele explica: “Afrobeat. Se você não tiver paciência, desista. Se você quer prazer instantâneo, procure outra coisa. Pensei nisso na hora de fazer essa mixtape. Obviamente a gente sempre imagina a pessoa que vai ouvir e hoje em dia quem ouve música com mais de oito minutos? Mas em nenhum gênero o ‘deixar rolar’ é tão importante como no Afrobeat. E os que deixam isso acontecer são recompensados. Porque é raro encontrar algo que definam tanto como ‘musicalmente complexo’ (chato) e ao mesmo tempo ‘viajante’, ‘sexy’ e ‘dançante’ (aí sim). Quer coisa melhor que juntar três elementos assim? E é África, certo? É lá que tudo começou.”

Ouçam e saiam dançando por aí!

A foto é do Guardian

especial don't touch  ·  fotografia  ·  mixtapes  ·  música

lava, de raul luna

por   /  22/09/2011  /  11:45

Raul Luna pergunta: posso trocar minha janta por ração humana? A resposta é a coleção/exposição Lava, que ele mostra hoje em São Paulo, a partir das 20h, na Serralheria.

Abaixo um trecho do texto de divulgação:

Conhecido por seu trabalho com M Takara, China & A Banda de Joseph Tourton, o artista conduz um experimento que aponta para a possibilidade de existir, ao mesmo tempo e indistintamente, forma, conteúdo, mensagem, idéia e produto. É de uma categoria de processos criativos onde o Design ultrapassa a responsabilidade de ‘agregar valor’, passando ele próprio a SER o produto, uma identidade supra-visual elaborada como um ser vivente.

A exposição inclui uma série de experimentos gráficos em signs e video e comercializará a coleção de 10 modelos diferentes de T Shirts + Totebags, produzidas especialmente pelo artista em conjunto com a BASE Projetos. Uma publicação/poster em formato A2, produzida pela Facform e contendo elementos gráficos da exposição, também será distribuida gratuitamente no local.  A Abertura ocorre dia 29 de setembro as 19h e conta com discotecagem de Yuri Bruscky (do selo Estranhas Ocupações) e de performance do trio Hronir.

Vamos lá?  =)

Mais em > http://cargocollective.com/raulluna

arte  ·  design