Favoritos

felipe eherenberg em versão pôster

por   /  14/06/2012  /  8:50

Além de ser um dos melhores anfitriões da cidade, Feilpe Ehrenberg é um artista talentosíssimo _sua obra vai de desenho e pintura à escultura, passando por instalações e performances.

Depois de ter sua obra compilada em uma exposição retrospectiva (no Museu de Arte Moderna da Cidade do México, em 2008, e em seguida na Pinacoteca de São Paulo) intitulada “Manchuria: Visão Periférica”, o mexicano lança o Manchuria Posters, um site que comercializa trabalhos seus que fazem parte das séries “Pas de Deux”, “Lucha Libre” e “Calacas”.

Vão lá > http://www.manchuriaposters.com.br/

arte  ·  internet

o pensamento selvagem no pós-romance

por   /  12/06/2012  /  12:12

Flores, chocolates e bichinhos de pelúcia? A gente gosta. Mas a gente gosta mais ainda é de pensar em como a gente se relaciona, em como fazer o namoro durar depois do flerte e da paixão, entre compromissos e DRs, com todas as dúvidas _mas com a certeza de que amar é o que a gente mais quer.

Neste dia dos namorados, a Contente apresenta “O pensamento selvagem no pós-romance”, de Bruna Beber. É um texto, é um manifesto, é quase um manual de auto-ajuda, que surgiu depois de a autora perceber o quanto estava rodeada de relações complicadas.

Saudamos os cliparts do Windows 95, os preenchimentos aurora boreal e crepúsculo do Word Art, o midi, a Comic Sans e os corações flechados do Brasil. E reunimos tudo isso neste projeto lançado em PPT, com o desejo de que o amor se torne mais simples e mais leve e seja sempre inspirador.

Com vocês, Pós-romance > http://posromance.com/

amor  ·  auto-ajuda  ·  contente  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  internet  ·  literatura  ·  pós-romance

mainha painho: nascem dois clássicos

por   /  12/06/2012  /  1:20

“Mainha painho” é o mais novo grande sucesso do brega recifense.

Apreciem o clipe oficial da Companhia da Lapada:

E aí que algum gênio resolveu fazer a versão gringa da música, carinhosamente chamada de “Mommy Daddy” e interpretada pela maravilhosa Amanda Stone.

Atenção para as tags do vídeo: “jacaré que dorme vira bolsa”, “ele já me comeu”, “eu vou morar com ele”, que resumem com precisão o espírito da canção.

Deu pra sentir a vibe?

Por favor, apreciem! ♥

Agora as perguntas que não querem calar: quem são essas pessoas, por que elas ainda não são nossas amigas??

Quem me mandou essa pérola foi meu querido irmão, Leonardo Cisneiros

amor  ·  design  ·  festa  ·  internet  ·  música  ·  vídeo

don’t touch my karaoke #3 | filipe catto

por   /  08/06/2012  /  10:00

Filipe Catto coloca o coração na boca a cada vez que começa a cantar. Ele faz isso de um jeito impecável, incluindo no mesmo balaio a perfeição técnica e a paixão de cantar aquilo que ama.

O resultado é uma plateia toda besta, capaz de encher os olhos de lágrimas quando ele resolver encarnar Fábio Jr.

Para o nosso Don’t Touch My Karaoke, Catto escolheu cantar a musica “20 e poucos anos”. E explica o motivo:  “porque eu acho que é a música mais linda do Fábio, e o Fábio é um cara que tem diversas músicas perfeitas para serem cantadas no karaokê, no videokê e muito mais”.

Verdade. Quantas vezes já nos aventuramos a cantar “Alma gêmea”? Eu adoro!

Deliciem-se! ♥

Para relembrar o Don’t Touch My Karaoke #1 | Pélico > http://donttouchmymoleskine.com/dont-touch-my-karaoke-1-pelico/

Para relembrar o Don’t Touch My Karaoke #2 | Arícia Mes >http://donttouchmymoleskine.com/dont-touch-my-karaoke-2-aricia-mess/

amor  ·  don't touch my karaoke  ·  escreve escreve  ·  especial don't touch  ·  música  ·  vídeo