Favoritos

rihanna falando de amor

por   /  10/07/2012  /  9:32

Rihanna é capa da Harper’s Bazaar de agosto. E abre o coração:

“I have been conservative in my love life… it’s pretty much nonexistent. If I come across someone who I find really cool, I’ll hang out. But the minute I find that we’re getting too close I just — I don’t let people in.”

“When I was in love, I fell so hard…The way it made me feel was priceless.” “And in a blink of an eye my whole life changed. Everything that I knew was different. I never thought I’d feel that pain in my life. I’m afraid of feeling that again.”

Via People

amor  ·  auto-ajuda  ·  fotografia  ·  moda  ·  música

música do dia: truth

por   /  10/07/2012  /  9:15

Alexander é Alex Ebert, um cara que faz parte do Edward Sharpe and the Magnetic Zeros. Nem ouvi muita coisa dele, mas “Truth” já não sai do repeat ♥

Mais em > http://alexanderebert.com/

The truth is that I never shook my shadow
Every day it’s trying to trick me into doing battle
Calling out “faker” only get me rattled
Want to pull me back behind the fence with the [cattle]
Building your [lenses]
Digging your trenches
Put me on the front line
Leave me with a dumb mind
With no defenses
But your defenses
If you can’t stand to feel the pain then you are senseless

[Since] this
I’ve grown up some
Different kind of fighter
And when the darkness come let it inside you
Your darkness is shining
My darkness is shining
Have faith in myself
Truth

I’ve seen a million numbered doors on the horizon
Now which is the future you choosen before you gone dying.
I’ll tell you ‘bout a secret I’ve been underminding
Every little lie in this world come from dividing
Say you’re my lover, say you’re my homie,
Tilt my chin back slit my throat take a bath in my blood get to know me
All out of my secrets
All my enemies are turning into my teachers.
Because, lights blinding, no way dividing what’s yours or mine when everything’s shining
You darkness is shining my darkness is shining
Have faith in ourselves
Truth
Yes I’m only loving, only trying to only love
That’s what I’m trying to do is only loving
Yes I’m only lonely loving feeling only loving
Till I’m feeling only loving
Ya say it ain’t loving ain’t loving my loving
But I’m only loving only loving only loving
Only loving the truth.

amor  ·  fotografia  ·  música

a raça humana no sistema pantone

por   /  09/07/2012  /  14:36

Humanae é um projeto de Angelica Dass, artista e fotógrafa brasileira que criou “um inventário cromático, um projeto que reflete sobre as cores além das fronteiras de nossos códigos, usando como referência o sistema de cores Pantone”.

O resultado é genial! ♥

Ela completa: “O desenvolvimento do projeto é realizar uma série de retratos, cujo fundo é tingido no tom exato extraído de uma amostra de 11×11 pixels do próprio rosto das pessoas retratadas. O objetivo final é registrar e catalogar, através de uma medição científica, todos os possíveis tons de pele humana.”

Mais em > http://humanae.tumblr.com/

Via

amor  ·  arte  ·  design

o que você ama em são paulo?

por   /  09/07/2012  /  13:00

Todo mundo adora falar mal de São Paulo, dizendo que a cidade é feia, que aqui ninguém tem tempo pra nada, que, apesar de tanta coisa pra fazer, ainda falta um outro tanto. Quando a gente mora aqui, descobre que São Paulo nunca vai ser um amor à primeira vista, uma paixão avassaladora. O tempo faz a gente perceber que São Paulo é um amor cultivado, daqueles que chegam de mansinho e de repente arrebatam a gente.

E, do mesmo jeito que a gente adora declarar aos quatro ventos o quanto está apaixonada, por que não falar pro mundo que o amor chegou de mansinho e emociona a gente de verdade?

Acho que é por isso que já gosto tanto do projeto O Que Você Ama em São Paulo? ♥

Criado pelas designers Ana Luiza Pereira Gomes (que fez a lindíssima bolsinha do Don’t Touch) e Rafaela Ranzani, o projeto surgiu quando elas se deram conta de que todo mundo tem um segredo pra contar sobre a cidade. “Pelas ruas, aeroportos, museus e escritórios de SP, a gente pergunta: ‘O que você ama em São Paulo?’ e coleta os mais diversos segredos sobre a cidade.”

Para participar do projeto, basta postar sua foto no Instagram usando a hashtag #oquevoceamaemsp ou enviar sua resposta pro Tumblr do projeto.

Todas as respostas fazem parte de uma intervenção que acontece no Conexão Cultural São Paulo, de hoje até 22 de julho, no MIS (Museu da Imagem e do Som; av. Europa, 158, Jardim Europa).

Mais em > http://oquevoceamaemsp.tumblr.com/

amor  ·  arte  ·  design  ·  etc

fratura exposta, por alice

por   /  06/07/2012  /  11:43

Não espera muito dele, por Alice

Buscando um email entre zilhões na caixa de entrada, apareceram na busca apenas 4 opções, sendo uma delas o email que eu queria. Só que um deles era pessoal, o que me pareceu muito bizarro, já que os termos eram “empreendedorismo, oportunidades”, acabando por chamar minha atenção mais do que o objetivo da pesquisa.

Eram só umas 15 linhas com muita enrolação, mas o final dizia:

“Ser sempre o idiota que vive a vida sem maiores preocupações, mas não se arrisca a coisa nenhuma em relacionamentos, esperando por uma pessoa que pode ser que nem a existência dele note mais”.

Tava ali, sabe. Tudo que eu passei depois tava ali, bem no início. Não me lembrava de jamais ter lido nada daquilo, mas provavelmente eu peguei as 13 linhas iniciais, nas quais ele falava do tanto que gostava de mim e do tanto que eu era importante, abracei, fiz virar amor e ignorei a final, que tinha um enfático “só que não”.

Ignorei que no final ele dizia que “não se arrisca a coisa nenhuma”, se referindo diretamente a nós, e provavelmente até peguei aquilo como desafio. E fica essa história básica de ler as coisas como a gente quer e não como elas são. Tivesse sido eu esperta, morria Bahia ali e eu me era poupado um ano em que eu, em ataques masoquistas ad eternum, corria atrás de quem, desde início, dizia que por mais que se importasse, não era eu o foco.

Por uma vida em que a gente leia mais as linhas e tente imaginar menos as entrelinhas.

(Adoro escrever entrelinhas porque sempre vejo na palavra estrelinhas).

______________________________________________________________________

A foto é de Valeria Monhait