Favoritos

moon, de thiago pethit

por   /  17/09/2013  /  14:30

Cada vez mais o Thiago Pethit mostra como é um artista completo. Ele não apenas canta e compõe mas também inventa de transformar um videoclipe em um curta-metragem.

“MOON” é sua mais nova empreitada. É um clipe e é um filme, dirigido por Heitor Dhalia (de filmes como “À Deriva”, “O Cheiro do Ralo” e “Gone” e do aguardado “Serra Pelada”), com roteiro do próprio Thiago e da Vera Egito.

Filmado em São Paulo, “MOON” conta a história de um jovem casal que vê a paixão dar lugar a surpresa, ciúme e confusão quando a menina descobre que seu namorado é garoto de programa. Cenas quentíssimas se misturam ao submundo paulistano, com figurinos inspirados nos anos 1990 e em ícones como Joe Dallesandro, um dos musos de Andy Warhol.

Vejam o clipe! ♥

Em entrevista ao Don’t Touch, Pethit conta mais sobre “MOON”:

– Como foi que vocês tiveram a idéia pra ele? E como foi ser roteirista também?

Nos encontramos diversas vezes ao longo do ano para conversarmos, eu, Heitor e Vera Egito, sobre o que seria o vídeo-clipe-filme de “MOON”. Primeiro surgiram os lobos. Depois foi a temáticoAdos garotos perdidos e, por fim, a questão do triângulo amoroso e da vida desses meninos. Fomos juntando ideias e cenas nas conversas e, ao fim, escrevi um pequeno conto amarrando tudo isso às mensagens que serviriam de argumento pra Vera reescrever e transformar aquilo num roteiro de verdade.

Não é a primeira vez que me “intrometo” no roteiro, sempre o fiz de algum jeito. Mas, dessa vez, foi mais sério e ainda mais prazeroso.

– Você filmaram onde?

Filmamos em quatro locações diferentes, sempre em busca de fugir dos clichês sobre as história da cidade de SP que já conhecemos. A locação principal foi a entrada do viaduto Minhocão, por debaixo da Praça Roosevelt. Depois, o topo do Edíficio Planalto, um apartamento no mesmo prédio e um motel no centro da cidade.

– E como chegaram nesse casting?

O casting foi uma colaboração dos queridos Edu Piva e Carminha, da ETC Elenco, para construir os personagens coadjuvantes e a maravilhosa atriz Nara Chaib, que interpreta a garota principal do triângulo. Os dois garotos principais, Lucas Veríssimo e Vini Uehara, foram descobertas feitas através do Facebook, por indicações e entre milhares de trocas inbox até o dia da entrevista com o Heitor, que selecionou o elenco, junto com a Kity Féo (a incrível assistente de direção) e eu.

As fotos que ilustram esse post são do Gianfranco Briceño.

amor  ·  arte  ·  entrevistas  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  música  ·  vídeo

música do dia: big kid table

por   /  17/09/2013  /  11:11

Thao & The Get Down Stay Down é uma banda de San Francisco que faz músicas deliciosas!

A banda mistura rock, folk e pós-punk, daquele jeito ensolarado que a galera da costa oeste dos Estados Unidos sabe fazer muito bem!

You are strong, strong, strong, 
Stronger than me 
With a heart much more 
Much more lovely 

And I reach high 
As high as I was able 
Such a small kid 
At the big kid table 
And you follow me 
Into the forest 
Positioned and ready 
Ready for a kiss 
But I never gave you nothing 
Not even to hope 
Or wear around your neck 
Or rest against your collarbone

Mais em > http://www.thaoandthegetdownstaydown.com/

amor  ·  arte  ·  fotografia  ·  música  ·  vídeo

música do dia: the socialites

por   /  16/09/2013  /  11:11

Para começar bem a semana, uma música super bonita do Dirty Projectors!

I think she’s the prettiest lady I’ve ever seen 
Her hair it has meaning and volume and such a shine 
Sometimes, I think maybe I could go and talk to her 

Her eyes, they look lonely for all way yeah and inner 
Oh baby, it’s such a lie to act so nice 
Will never begin to let you in 
They’ll act surprised, apologize 
We’ll never let on the face you wear is wrong

Mais em > https://www.facebook.com/dirtyprojectors

amor  ·  arte  ·  fotografia  ·  música  ·  vídeo

para ler mais literatura

por   /  09/09/2013  /  11:25

Adoro saber o que outras pessoas estão lendo. Se tô em um ônibus, no metrô ou em uma sala de espera e tem alguém lendo, fico espreitando até conseguir saber do que se trata. Em alguns casos, até faço uma foto, como essa acima, que publiquei no Retratos Anônimos.

A internet facilita muito esse ato de bisbilhotar a leitura alheia -com a diferença de que é tudo consentido.

Sempre que posto uma foto do que estou lendo no momento, acrescento as hashtags #livrodecabeceira, #menos1naestante, #grifeinumlivro e #bookdodia. Cada uma dessas hashtags é um projeto feito por pessoas que amam literatura. Ao clicar nelas, a gente descobre vários mundos novos. Recomendo!

Falo um pouco sobre cada um logo abaixo.

Livro de Cabeceira

A Confeitaria é uma revista de literatura, que reúne textos de autores diversos. Para saber o que um monte de gente está lendo, a revista faz um convite, que é compartilhar no seu perfil do Instagram ou do Facebook uma imagem acompanhada da hashtag #livrodecabeceira. “Vale foto da capa, de prefácio, dedicatória, página, trecho, tela do tablet… Pode ser o livro favorito da vida, aquele que nunca sai da sua cabeceira, ou o favorito do momento, que às vezes esse amor é flutuante.”

http://confeitariamag.com/livrodecabeceira/

Grifei num livro

É um projeto colaborativo que reúne trechos grifados de obras diversas. Criado pelo Kleyson Barbosa, funciona em um Tumblr e também como hashtag no Instagram (#grifeinumlivro). É ótimo para ler um pouquinho de vários autores a cada dia!

http://grifeinumlivro.tumblr.com/

Menos 1 na estante

Se você tem sempre uma pilha de livros pra ler ou se pensa que precisa ler mais, vai gostar do Menos um na estante, feito pela jornalista pernambucana Márcia Lira. Ela criou o blog em 2010 e, desde então, tenta diminuir o saldo de livros não lidos. “Com ele, dou fôlego a essa meta pessoal de diminuir o saldo dos livros não lidos na minha estante. Compartilho as minhas impressões das leituras e coisas interessantes sobre o universo dos livros, trechos de obras, imagens, informações sobre autores, e ainda aprendo muito com os visitantes.”

http://www.menosumnaestante.com/

Book do dia

Adoro a hashtag #bookdodia, que tenta trocar o #lookdodia por livros. Não sei quem faz o projeto, mas vi que eles têm uma página no Facebook também.

https://www.facebook.com/BookDoDia

amor  ·  fotografia  ·  internet  ·  literatura