Favoritos

Resultado da busca "coccarelli"

Don’t touch recomenda ♥

por   /  18/12/2009  /  7:40

Alechandra com X, por Alexandra Moraes

Alice Me Persegue, por Leandra Leal

Any Other Shoes, por Mariana Rezende

Anorak, por Cláudio Silvano

Azar o Seu Querida, por Juliana Alves

Avenida de Escândalo, por Renata Simões

Bathysphere, por Larissa Ribeiro

Bugio, por Cardoso

Caracteres com Espaço, por Heloisa Lupinacci

Desculpe a Poeira, por Ricardo Lombardi

Esmero, por Laura Daviña

Favoritos, por Luiza Voll

Frufru, por Flávia Lacerda

Interbarney, por Chico Barney e todos os envolvidos

João Wainer, por João Wainer

Kakaos, por Kátia Lessa

Katylene, por Katylene

Lalai Loaded, por Lalai

Mau Humor, por Arnaldo Branco

Moda Sem Frescura, por Biti Averbach

Narghee-la, por Joana Coccarelli

Notícia Nenhuma, por Beatriz Antunes

Novo em Folha, por Ana Estela

O Carapuceiro, por Xico Sá

O Pequi, por Ricardo Gaioso

Oficina de Estilo, por Fê Resende e Cris Zanetti

Olha, Vê, por Alexandre Belém

Para Francisco, por Cristiana Guerra

Pensar Enlouquece, por Alexandre Inagaki

Pés de Amora, por Bárbara Castro

Quando Nada Está Acontecendo, por Noemi Jaffe

Trabalho Sujo, por Alexandre Matias

Urbe, por Bruno Natal

Vitrola, por Ronaldo Evangelista

galeria: joana coccarelli

por   /  03/11/2008  /  14:25

Umas páginas de revista esquecidas pelo tempo, mais umas duas, três penas de pavão. Uma foto enquadrada pela mãe em um pôster e rasgada no meio, sem dó. O LHC, grande colisor de hádrons, ou uma frase clássica subvertida (“diamonds are nobody´s best friends”).

Materiais e referências tão díspares encontram unidade nas colagens de Joana Coccarelli. Ou cool.agens, como prefere a jornalista, que não se declara artista, mas tem na sensibilidade e na produção a maior prova disso.

Como se a agenda da escola tivesse ganhado o espaço, os gostos e as leituras da vida adulta, ela recorta, cola, amassa, junta e monta narrativas (handmade, sem CTRL C + CTRL V) a partir do que cai em suas mãos.

Acaso, insconsciente e imagens distantes, mas sempre poderosas, parecem nortear suas colagens. Uma hora, ela evoca as virgens de Klimt _em “Múmias Schiele”, em que subverte a leveza e o entrelaçamento das moças, substituindo-as por caveiras corroídas pelo tempo. Em outra, com seu “Surfing on a rocket “, composto por nave espacial, roupa colante de esqueleto e máscaras de guerra, parece voltar ao começo do século passado para evocar o futurismo.

No meio tempo, Joana experimenta. Pesquisa, recorta, amassa, cola e compõe mais um vez, com o olhar apurado de quem tem necessidade de se alimentar de imagens a cada segundo.

Vejam mais: www.flickr.com/photos/jcoccarelli

A galeria está na revista O Grito =)

arte  ·  design  ·  escreve escreve