Favoritos

Posts da categoria "amor"

são paulo vai parar

por   /  14/06/2013  /  15:43

Não é sobre 20 centavos, estúpido. Excelente texto da Ana Freitas > http://awe-inspiring-randomness.tumblr.com/post/52896959452/nao-e-sobre-20-centavos-estupido

A gota que faltava > http://super.abril.com.br/blogs/crash/a-gota-que-faltav/

A PM começou a batalha na Maria Antônia, diz Elio Gaspari. “Num átimo, às 19h10, surgiu do nada um grupo de uns 20 PMs da Tropa de Choque, cinzentos, com viseiras e escudos. Formaram um bloco no meio da pista. Ninguém parlamentou. Nenhum megafone mandando a passeata parar. Nenhuma advertência. Nenhum bloqueio, sem disparos, coisa possível em diversos trechos do percurso. Em menos de um minuto esse núcleo começou a atirar rojões e bombas de gás lacrimogêneo. Chegara-se a Istambul.” > http://www1.folha.uol.com.br/colunas/eliogaspari/2013/06/1294837-a-pm-comecou-a-batalha-na-maria-antonia.shtml

A imagem acima é da Verena Smit > http://www.verenasmit.com.br/home/

24 momentos dos protestos em São Paulo que você não verá na TV > http://www.melhorquebacon.com/24-momentos-protesto-sao-paulo/

O que os jornais não vão dizer, um relato de Bruno Bruden > https://www.facebook.com/brunob9/posts/10201359982187170

O que não sai na TV > http://oquenaosainatv.tumblr.com/

Falta alguém na Paulista, escreve Clóvis Rossi: “O que falta na avenida Paulista é Política, que escrevo com maiúscula porque a política anda tão aviltada que precisa de um pouco de amor próprio. Faltam deputados e senadores, vereadores e líderes partidários capazes de fazer o meio de campo entre os manifestantes e o poder público.” > http://www1.folha.uol.com.br/colunas/clovisrossi/2013/06/1295121-falta-alguem-na-paulista.shtml

Milhares já escolheram sapatos que não vão apertar > http://impedimento.org/milhares-ja-escolheram-sapatos-que-nao-vao-apertar

Não há vencedores políticos na batalha campal de São Paulo, escreve Vera Magalhães > http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/06/1295043-analise-nao-ha-vencedores-politicos-da-batalha-campal-de-sao-paulo.shtml

O fundamental é que estamos vivendo uma brutal ofensiva do pensamento conservador, que coloca em risco muitas décadas de conquistas civilizatórias da sociedade brasileira, diz Andre Borges Lopes > http://www.advivo.com.br/node/1400276

Tome tenência, dona elite! Texto da Barbara Gancia > http://www1.folha.uol.com.br/colunas/barbaragancia/2013/06/1294909-tome-tenencia-dona-elite.shtml

Polícia infiltra agentes em protestos e rastreia web para achar manifestantes > http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2013/06/policia-infiltra-agentes-em-protestos-e-rastreia-web-para-achar-manifestantes.html

“Vi o policial mirar e atirar na minha cara”, diz repórter da Folha ferida no olho > http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2013/06/14/vi-o-policial-mirar-e-atirar-na-minha-cara-diz-reporter-ferida-no-olho.htm

A truculência da polícia dentro de um hospital, um relato de Luciana Boullousa > https://www.facebook.com/luciana.boullosa.5/posts/655862371095413

Feridos no protesto em SP > http://feridosnoprotestosp.tumblr.com/

(Obrigada, @caroltypes, por alguns dos links!)

amor  ·  ativismo  ·  fotografia  ·  internet  ·  jornalismo  ·  são paulo

survival guides são paulo

por   /  30/04/2013  /  8:34

“Survival Guides São Paulo” é um curta-metragem sobre a imersão do artista inglês Patrick Waterhouse no Projeto Quixote, que atende meninos de rua de São Paulo.

A direção é de Fernanda Fernandes, que explica:

O “Survival Guides São Paulo” surgiu de uma parceria entre a Revista Colors o Projeto Quixote, uma OSCIP com sede em São Paulo que trabalha com meninos de rua em sua maior parte dependentes de drogas, dando atendimento clínico, social e tentando reintegrar esses jovens às suas famílias.

O Patrick foi convidado pela revista Colors para dar um workshop artístico para esses meninos durante uma semana e eu acompanhei o processo. A proposta era que os meninos criassem um guia pessoal a partir da experiência que eles tem no dia-a-dia nas ruas, com tudo o que eles consideram necessário para sobreviver em São Paulo. Durante uma semana, os meninos trocaram as ruas pelo Projeto Quixote e passaram a acordar e dormir respirando arte.

Foi uma experiência absolutamente intensa, que resultou em algumas rematriações (é o processo de sair das ruas e voltar para casa) e em uma perspectiva de futuro bem diferente.

Vejam o filme, vale a pena!

amor  ·  arte  ·  ativismo  ·  trabalho  ·  vídeo

o autismo e o tom

por   /  11/04/2013  /  9:31

Abril é o mês da conscientização do autismo, e a Silvia Ruiz e o Renato Godá, pais de Tom, fizeram um vídeo comovente contando a história deles.

Por favor, assistam e espalhem, é muito importante! ♥

A Silvia fala um pouco do processo todo:

Eu pensava que autistas eram todos como o “Rain Man”. Por isso nunca imaginaria que meu filho pudesse ter autismo quando ele começou a apresentar uma regressão aos 2 anos. E foi graças a uma matéria de jornal que percebi que era isso que estava acontecendo com ele.

Daí mergulhei nesse universo, conheci muitos pais etc. E vi que todos passaram pela mesma coisa. Muitos levaram anos para um diagnóstico. E a situação é alarmante porque 1 em cada 88 crianças tem autismo. É muita gente.

Quanto antes tiverem o diagnóstico, melhor o prognóstico. Então pensei numa maneira de contribuir para essa conscientização. Foi o que ajudou meu filho, ter tido um diagnóstico precoce graças à informação que chegou até mim pelo jornal.

O Tom está tendo uma evolução muito rápida e estamos muito felizes. Queremos inclusão nas escolas regulares, cobertura do tratamento pelos planos de saúde. Enfim, o que todo pai quer para o seu filho. Direitos iguais que não temos hoje.

amor  ·  ativismo  ·  internet

expressas dtmm

por   /  13/03/2013  /  13:38

– Foto linda de Leonardo Cisneiros, acompanhada por um texto triste: “Foto clichê hoje à tarde, curtindo o banzo daquela reunião ridícula, na qual nem um teatro de diálogo sem tentou fazer, sentado na beira do rio, admirando essa cidade tão linda e tão filha da puta. O Recife que a gente ama, mas não nos corresponde.”

– Elke Maravilha encarna Marylin Monroe nesta foto maravilhosa de David Zinggs. Cassiano Elek Machado, em seu blog Elekistão, apresenta o colossal talento do americano na arte do retrato. “Isso em mim provoca imensa dor, mas tudo indica que Tom Jobim também desafina. A história está até numa enciclopédia: num bar de Ipanema, o compositor advertiu um americano branquela que cogitava mudar para o país: ‘David, o Brasil não é para principiantes’. Zingg, o David em questão, poderia ser quase qualquer coisa, menos principiante. Ex-piloto de bombardeios B-17 na Segunda Guerra Mundial, ex-plantador de bananas em Honduras, amigo de John Fitzgerald Kennedy, Ph.D em dry martinis bem secos e em hambúrgueres suculentos, o jovem astro do jornalismo americano David Drew Zingg estava pronto para tudo. Ipanema estalou os dedos, e ele veio correndo atender seu chamado. Zingg não foi mais o mesmo, mas nosso país tampouco.”

– A incrível Maria Popova encontrou ilustrações antigas do corpo humano no livro The Sexual Study of the Male and Female Human Body in Color Pictures e fez GIFs a partir deles. Demais!

– A internet esvaziou as bibliotecas, e a Miami Ad School veio com uma solução (que ainda é um projeto). A Underground Library se vale do fato de que nos metrôs a conexão não funciona e incentiva o uso de um bem público. Você aponta para a estante de livros e recebe trecos de um best-seller no seu smartphone. Depois que sai do metrô, recebe um aviso de que pode continuar lendo o livro de graça, basta retirá-lo na New York Public Library. Muito legal, né?

amor  ·  arte  ·  ativismo  ·  cinema  ·  expressas dtmm  ·  fotografia  ·  música

meu recife

por   /  09/01/2013  /  15:05

Tenho passado umas semanas no Recife e tenho aproveitado tanto! ♥

No último domingo, participei de um passeio de bicicleta/protesto do grupo Direitos Urbanos, a convite do meu querido irmão, Leonardo Cisneiros. Foi importante para discutir mais uma vez a verticalização da cidade e a ocupação do espaço público.

E o programa ainda me deu uma visão nova da cidade. Claro que já tinha andado de bicicleta pelo Recife, mas não das Graças até o Marco Zero, depois até o Cais de Santa Rita. Nem tinha atravessado o rio de barquinho com a bicicleta e ido comer na Casa de Banhos.

Gostei tanto de ver a cidade de outro ângulo! Tive um pouco de medo dos ônibus, das curvas, mas foi impressionante como na volta pra casa a sensação já era quase toda de aproveitar o vento no rosto e a vista do rio, das pontes, das árvores.

Ser turista na cidade em que a gente nasceu e cresceu é uma delícia. Tira a gente da rotina e renova o olhar (alguns trechos do passeio vocês vêem nas imagens deste post).

Recomendo muito. É uma daquelas boas ideias pra gente colocar em prática durante todo o ano novo!

amor  ·  ativismo  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  retratos anônimos

#churrascãodascabras

por   /  07/12/2012  /  17:18

Sábado é dia de ir pra esquina da Henrique Schaumman com a Teodoro Sampaio e participar do #churrascãodascabras!

Vamos? > https://www.facebook.com/events/225379997595284/

Carol Almeida explica:

Nesta última segunda, 3 de dezembro, às 19h, na movimentadíssima rua Henrique Schaumann, mais um jovem foi agredido na cidade de São Paulo por ser gay. Escrever uma frase como essa dói. Mas nada se compara à dor de quem sofre na pele a violência da intolerância e do ódio. Um ódio que, vale lembrar, não nasce com ninguém. É um ódio ensinado, às vezes por uma pessoa próxima, às vezes por uma revista semanal… 

Portanto, vai aqui uma convocação geral para quem tem amor no coração: Gays, Lésbicas, Bisexuais, Transexuais, Heterosexuais, Pansexuais e CABRAsexuais, está na hora de fazer esse ódio de churrasquinho. 

Levem a família, o cachorro, papagaio, bebida, comida, música, cartazes, tinta, canetas, a vontade de um mundo melhor e, sobretudo, AMOR. Porque nada pode perturbar mais o ódio do que isso. 

E lá onde o estudante André Baliera foi covardemente espancado, vamos mostrar mais uma vez que é preciso SIM uma lei que puna crimes homofóbicos no Brasil!

amor  ·  ativismo  ·  internet

gangnam style pela liberdade de expressão

por   /  21/11/2012  /  21:13

Os vídeos abaixo são umas das melhores coisas que vocês vão ver este ano. O artista Anish Kapoor chamou uns amigos para fazer uma paródia de “Gangnam Style”, do coreano Psy, pra falar de um assunto sério: falta de liberdade de expressão.

O artista quer chamar atenção para a situação do artista e ativista chinês Ai Weiwei, preso diversas vezes por expressar opiniões contrárias ao governo chinês.

O vídeo, aliás, surgiu depois que outra paródia, feita pelo próprio Ai Weiwei, foi tirada do ar na China. Em entrevista ao Guardian, Weiwei fala que, quando uma sociedade demanda que todo mundo abandone o direito de se expressar, essa sociedade deixa de ser criativa e perde a chance de se tornar feliz.

Abaixo, o “Gangnam Style” de Ai Weiwei:

No Guardian dá pra ver uma entrevista com o artista chinês > http://www.guardian.co.uk/music/video/2012/oct/24/ai-weiwei-gangnam-style-video

Depois que o vídeo foi tirado do ar, Anish Kapoor juntou uma galera e fez a paródia abaixo.

“Nosso filme tem com objetivo fazer uma séria observação sobre liberdade de discurso e liberdade de expressão. Nossa esperança é que esse gesto de apoio a Ai Weiwei e a todos os prisioneiros de consciência seja amplo e ajude a enfatizar como essas liberdades são importantes para nós”, disse o Anish Kapoor ao Independent.

O vídeo conta, também, com contribuições de galerias e museus como MoMA, New Museum, Guggenheim, Museum of Contemporary Art San Diego e vários outros, com suas equipes dançando uma das dancinhas mais pegajosas da história.

Nada melhor do que ter humor e estar atento ao que é hit na internet e fora dela para falar de um assunto sério. Em vez de vir com mais uma petição online ou mais um manifesto gigante pra chamar a atenção pra um problema, essa galera pegou um produto que é sucesso nos quatro cantos do mundo (com mais de 728 milhões de visualizações no Youtube), usou a mesma musiquinha e mudou radicalmente o conteúdo. Achei incrível!

amor  ·  arte  ·  ativismo  ·  humor  ·  internet

existe amor em sp

por   /  17/10/2012  /  16:13

Vamos todos? ♥

Do Facebook do Bruno Torturra:

#ExisteAmorEmSP

Nas últimas semanas, uma rede de dezenas de coletivos, ativistas e artistas se articulou. E agora está preparando uma nova, e bem maior, ocupação da Praça Roosevelt no próximo domingo. Até o final de semana vamos divulgar as festas, as intervenções e os grupos que irão tomar a praça. Mas já estão confirmadas apresentações de Criolo, Emicida, Gaby Amarantos, Karina Buhr, Thiago Pethit, Porcas Borboletas, Lurdes da Luz, DJ Tutu Moraes… a onda Rosa Choque só cresce.

Apartidário, mas essencialmente político, o importante é que você saiba que o festival não tem uma organização central. E que o espaço pode, e deve, ser ocupado por qualquer pessoa, qualquer turma com uma ideia que ajude a transformar a Roosevelt em um território para a discussão viva sobre a cidade que queremos: mais pública, humana, inclusiva e gentil. Uma cidade com mais amor.

Monte seu bloco, traga seus tambores, seu sound system, suas tintas, seus amigos e suas melhores intenções. E, se não for pedir demais, venha de Rosa Choque.Domingo, dia 21 de outubro, à partir das 14h.
amor  ·  arte  ·  ativismo  ·  música