Favoritos

Posts da categoria "arte"

imelda

por   /  14/01/2008  /  21:38

nunca curti natureza morta. sempre passo direto quando vou a museus. mas se o objeto em questão for um sapato… gasto meus minutinhos com todo prazer!

o trabalho é de chelsea james

drella

por   /  26/12/2007  /  15:02

uow! sabe o songs for drella, disco que lou reed e john cale fizeram pra homenagear andy warhol depois que o “dracula + cinderella” morreu? virou vídeo também! beleza que foi na época do lançamento, em 1990, mas só agora eu tô vendo, graças a matias! o disco é foda, um grande tributo ao cara que bancou o velvet. e, porra, sem o velvet a vida de muita gente num seria a mesma, né?

vejam aí a melhor música do disco, “nobody but you”:

i really care a lot although i look like i do not
since i was shot there’s nobody but you
i know i look blase, party andy’s what the papers say
at dinner i’m the one who pays – for a nobody like you
nobody but you, a nobody like you
since i got shot there’s nobody but you

arte  ·  etc  ·  música

no sofá com isabel

por   /  12/10/2007  /  23:55

sofa portraits é uma série do inglês colin pantall. ele fotografou a filha, isabel, enquanto ela assistia tv. ele explica: “these portraits portray the flawed physicality of childhood and its mental and physical freedoms – but also the constraints that are applied by the adult world – the furnishings isabel is so often pushing against, the dress determined by the educational system she is now part of, or even the attitudes to her physical self-expression as she watches television”.

arte  ·  fotografia

quero ser van gogh

por   /  09/10/2007  /  19:35

moleskine project –> mostre para o mundo o que você desenha no seu moleskine! dica de gonzo.

quem compra ou ganha um moleskine, sabe que o caminho é sem volta. nenhum caderninho da tilibra vai conseguir ter suas linhas ou desenhos de volta. para muitos, é uma besteira: papel é papel e num rola pagar alguns euros por um caderno só porque hemingway escrevia nele. e outra: você num vai escrever mais ou melhor porque tem um moleskine. mas eu, um moleskine na gaveta e outro na bolsa, companheiro de todas as horas, garanto: depois do primeiro, você vai querer outro, outro, outro e outro. é que nem elma chips, com perdão da adaptação: impossível ter um só.

arte  ·  escreve escreve  ·  ilustracao  ·  moleskine