Favoritos

Posts da categoria "amor"

mulheres incríveis

por   /  08/03/2013  /  1:23

No Dia de Mulher, a Contente participa do bate-papo Gente Incrível, a partir das 12h30, no Vale do Anhagabaú.

Nas palavras das organizadoras do Mulheres Incríveis, será “um encontro sobre o amor que cria coisas incríveis”. Nossa cara! A ideia é inspirar, questionar e co-criar, a partir de depoimentos e histórias de vida.

Estão todos convidados (homens e mulheres, ok?)! Esperamos vocês!

Hoje, 8 de março | 12h30 | Vale do Anhangabaú (av. São João, 108)

Mais em > https://www.facebook.com/mulheresincriveis

amor  ·  contente  ·  especial don't touch

fotografia com vocação mundana

por   /  28/02/2013  /  19:53

Da fanpage do Instamission:

Uma ótima reflexão sobre o Instagram, escrita por Ronaldo Entler: “O Instagram é essencialmente composto por aqueles que registram suas férias, a família, os amigos, as baladas, a casa, o que comem, aliás, coisas com as quais muitos bons fotógrafos também se divertem. Torcemos o nariz mas a fotografia também é isso, ela sempre teve vocação para as coisas mundanas. Essa afirmação já aparecia em tom de acusação na boca de artistas e críticos do século XIX. A história da fotografia é indissociável da cultura de massa, ela não pode ser entendida sem que se leve em conta suas manifestações populares e anônimas. Nesse sentido, o Instagram e o iPhone são tão relevantes quanto a 5D, assim como, historicamente, a Kodak foi tão relevante quanto a Leica.”

As imagens são de @maluteodoro.

Leiam o posto completo > http://iconica.com.br/blog/?p=4669

(Obrigada pela dica, Janaina Pinho!)

arte  ·  contente  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  instamission

vida sem facebook

por   /  20/02/2013  /  17:24

Luiza Voll, minha sócia querida, conta na fanpage da Contente sua experiência de deixar o Facebook de lado:

Há um mês atrás eu, Luiza, desativei meu perfil pessoal do Facebook para ver como era a vida sem ele. Existia uma pequena razão aqui e outra ali, mas a principal era a seguinte: eu estava sentindo que não sabia mais usar a internet. Passava muito tempo vendo o feed, consumia principalmente os links que apareciam ali e, se não tinha nada novo, a sensação que ficava era de que também não tinha nada de novo na internet. OPA! Tem algo muito errado aí. Antes do Facebook, a minha sensação era de que a internet era um mundo maravilhoso a ser desbravado e, de repente, me vi sem saber mais como acessar esse mundo. Tinha desaprendido a pesquisar, a questionar, a buscar novas fontes, a ler textos maiores e até a visitar sites. O exercício agora é reaprender isso tudo. É abrir o browser e buscar novos pontos de partida. Eu particularmente estou adorando! Além dessa parte, sinto que tenho mais tempo livre (de verdade), estou lendo bem mais e pensando mais sobre minhas relações pessoais – já que essa é uma parte que muda bastante quando não se tem Facebook. A primeira coisa que fiz antes de sair foi anotar o aniversário de todo mundo na agenda :-) . Não faço apologia para ninguém se desconectar. Com todos os seus pesares acho o Facebook uma ferramenta muito legal com mil aspectos positivos. Amo fanpages, por exemplo, e continuo escrevendo aqui junto com a Dani, mas agora de um perfil sem amigos. A ideia de dividir isso com vocês é somente a de contar sobre essa minha experiência e, quem sabe, também ler a opinião de vocês sobre isso tudo e trocar ideias, o que a gente mais gosta de fazer por aqui! Alguém aqui já fez esse experimento? Tem dicas para mim? Da minha parte, vou seguir compartilhando o que for sentindo aqui com vocês! :-)

a estrutura das relações

por   /  20/02/2013  /  9:43

Da fanpage da Contente:

Recentemente conhecemos um trabalho muito interessante do músico, compositor e produtor musical David Byrne. É o Arboretum, um livro lançado em 2006 com uma coleção de diagramas feitos a mão pelo artista. Os desenhos tentam trazer um pouco de lógica para assuntos irracionais como as relações humanas. Acima você vê o trabalho intitulado de “Möbius Structure of Relationships”.

Veja mais aqui: http://www.brainpickings.org/index.php/2013/01/18/david-byrne-arboretum/

amor  ·  arte  ·  auto-ajuda  ·  contente  ·  especial don't touch

amores anônimos e autoajuda do dia na folha de s.paulo

por   /  08/01/2013  /  18:46

O Amores Anônimos e o Autoajuda do dia aparecem em uma das matérias de capa do caderno Equilíbrio da Folha de S.Paulo de hoje!

A matéria assinada por Juliana Cunha fala sobre como o amor é supervalorizado hoje e virou quase uma religião.

Leiam!

Projeto virtual reúne fotos de casais anônimos

A jornalista e empresária Daniela Arrais, 28, é responsável pela série “Amores Anônimos”, uma seleção colaborativa de fotos de casais apaixonados na rua, registrados em fotos tiradas com celular. Antes disso ela produziu uma série de entrevistas em seu site, “Don’t Touch My Moleskine”, chamada “O Que é o Amor para Você Hoje?”, na qual coletou depoimentos de anônimos e celebridades.

Daniela é uma seguidora assumida da religião do amor. “Quando terminei um relacionamento complicado, cheio de idas e vindas, comecei a me focar muito nesse assunto. Acho curioso como está todo mundo buscando o amor e tão pouca gente encontra”, afirma.

Junto com a publicitária Luiza Voll, 28, ela mantém o perfil “Autoajuda do Dia” na rede social Instagram, pelo qual compartilham dicas. O tema principal, claro, é o amor. “A felicidade em outras áreas, no trabalho, na família, é importante. Mas o amor é uma coisa tão forte que, quando as coisas estão bem com ele, tudo bem se o resto da vida está meio torto”, diz.

E mais:

Filósofos questionam a supervalorização do amor romântico

‘Falta de amor não é o maior problema das grandes cidades’, diz filósofo britânico

amor  ·  amores anônimos  ·  autoajuda do dia  ·  contente  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  internet

como pessoas cegas usam o instagram?

por   /  07/01/2013  /  17:13

Da fanpage do Instamission:

Como pessoas cegas usam o Instagram? Neste vídeo, Tommy Edison, que é cego desde que nasceu e faz o Blind Film Critic (http://blindfilmcritic.com/), explica todo o processo. O vídeo nos mostra como toda perspectiva é única e muito interessante!

Vejam o feed dele: http://instagram.com/blindfilmcritic

Via Kottke

amor  ·  contente  ·  fotografia  ·  instamission  ·  vídeo

#autoajudadodia

por   /  17/12/2012  /  11:09

Um mantra pra hoje, pra 2013, pra vida inteira!

Vem pra cá todo mundo que é de verdade, que se importa, que tem cuidado, que dá atenção, que não tem medo de ser vulnerável nem aponta as vulnerabilidades dos outros. Vem pra cá todo mundo que sabe que a gente erra e acerta e que conversando a gente se entende. ♥

A imagem acima foi feita pela Julia Duarte para o Autoajuda do dia > https://www.facebook.com/autoajudadodia

A Julia faz o Me Proteja da Vida Alheia > http://meprotejadavidaalheia.tumblr.com/

amor  ·  auto-ajuda  ·  autoajuda do dia  ·  contente  ·  design  ·  escreve escreve  ·  especial don't touch  ·  fotografia

#vailá

por   /  17/12/2012  /  10:05

#vailá, o novo projeto da Contente, é um guia da cidade feito pelas pessoas usando o Instagram!

O Instagram é um dos lugares mais legais para pegar dicas do que fazer na cidade. E isso acontece naturalmente: tem aquele amigo que sempre vai em todas as exposições, outro que ama frequentar restaurantes e registrar os pratos, aquela amiga da moda que sempre tem boas dicas de lojas e aquele outro que não perde uma balada.

Nossos amigos e conhecidos são hoje os nossos maiores influenciadores. A gente quer menos saber qual é a roupa que a estrela da novela usa, e sim onde é que aquela nossa amiga cheia de estilo encontra as peças do seu guarda-roupa. Com o #vailá agora poderemos acessar, da forma mais prática possível, guias que estão sendo atualizados constantemente por pessoas como nós.

Pensando nisso, criamos o #vailá (http://instagram.com/vailasp), um guia da cidade feito por pessoas reais. Começamos por São Paulo e, rapidamente, vamos nos espalhar por outras cidades!

Sigam @vailasp no Instagram e comecem a postar e a encontrar dicas super legais!

Esperamos vocês ♥

#vailá  ·  contente  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  internet