Favoritos

Posts da categoria "amor"

a luz de james turrell

por   /  26/06/2013  /  14:25

O Guggenheim Museum é famoso por seu projeto arquitetônico, assinado por Frank Lloyd Wright. James Turrell se adaptou ao formato cilíndrico do espaço para instalar a inédita “Aten Reign”, uma obra hiperbólica que ganha força quanto mais o espectador a contempla.

“Aten Reign” é a primeira grande mostra de Turrell em Nova York em 30 anos. O artista norte-americano de 70 anos também faz atualmente mais mais duas exposições, uma no Los Angeles County Museum of Art e outra no Museum of Fine Arts, em Houston.

Composta por cinco anéis elípticos, o coração de “Aten Reign” é a luz natural que vem da abertura do teto. Para fazer isso, o artista envolveu a espiral do museu em um tecido branco fino e esticado.

A luz muda de acordo com a hora do dia, o tempo e as luzes no exterior da construção. Pela primeira vez, o Guggenheim deve ser observado apenas do térreo, o que o transforma em um ambiente lúdico, contemplativo e etéreo, que mais parece o céu – ou uma nave espacial.

Um dos expoentes do movimento Light and Space, que surgiu no sul da Califórnia nos anos 1960, Turrell usa a luz como meio para descobrir como a nossa percepção funciona. Uma de suas frases famosas é:

Primeiro, eu estou lidando com nenhum objeto. A percepção é o objeto. Em segundo lugar, estou lidando com nenhuma imagem, porque eu quero evitar o pensamento associativo, simbólico. Em terceiro lugar, eu estou lidando com nenhum foco ou lugar particular para olhar. Com nenhum objeto, nenhuma imagem e sem foco, o que você está olhando? Você está olhando para você olhando.

Dos primeiros segundos para os últimos minutos de observação, o mesmo lugar se transforma. O que antes é quase que apenas uma cor forte, com variações de tons, vai mudando à medida que você mistura os tons, tem a impressão de ver as bordas da espiral se mexerem e entra em um estágio mental de deleite e contemplação.

Ver os visitantes do museu sentados ou deitados por longos minutos observando todo o espectro de cores de Turrell é uma cena que deixa a obra ainda deslumbrante – e não deixa de ser a obra em si. “Meu trabalho não é tanto sobre a minha visão, minha arte é sobre a sua visão“, já disse Turrell. “Não há ninguém entre você e a sua experiência.”

James Turrell

Guggenheim Museu (1071 5th Avenue)

Até 25/9

Mais > http://www.guggenheim.org/new-york/exhibitions/on-view/james-turrell

amor  ·  arte  ·  escreve escreve  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  nova york

#aadmudabrasil

por   /  20/06/2013  /  13:42

Autoajuda do dia convida! ♥

#aadmudabrasil | O Brasil vive um momento único em sua história. Pelo país inteiro vemos milhões de pessoas nas ruas e, ao contrário das campanhas lideradas por políticos e partidos no passado, neste novo tempo em que vivemos cada um leva na mão seu pequeno cartaz, com seus próprios desejos de mudança. Cada um tem a sua causa e luta da maneira que acha melhor. Em comum, todos têm uma grande vontade: a de batalhar para que o país que tanto amamos se torne um lugar melhor para vivermos. Nesse período tão especial (que esperamos que dure por muito tempo!), perguntamos: quais são as mudanças que você quer para o Brasil? Escolha a frase que representa o seu desejo, coloque-a em uma foto ou em um pôster e mande pra gente usando a hashtag #aadmudabrasil. Juntando todas as vontades, vamos ter cada vez mais consciência de tudo o que precisa ser feito, nos fortalecendo para ir atrás das mudanças que o Brasil desesperadamente precisa! Aguardamos suas imagens!

A ilustração linda é da @joanalira > www.joanalira.com.br

amor  ·  arte  ·  ativismo  ·  autoajuda do dia  ·  contente  ·  especial don't touch  ·  são paulo

músicas para mudar o mundo

por   /  19/06/2013  /  14:58

Ninguém consegue pensar, falar, viver outra coisa além desse momento histórico. E isso é sensacional!

De trilha sonora para esses tempos, fiz uma mixtape: Músicas para mudar o mundo.

Tem de tudo: Tom Zé, Gil Scott-Heron, Geraldo Vandré, Gal Costa, Marvin Gaye, Patti Smith, Sex Pistols, Caetano e muito mais.

São mais de 30 músicas! E quem acompanha as mixtapes, sabe que meu número mágico é 13. Mas foi impossível. Tem coisa demais pra gente ouvir.

E como o momento é de fazermos tudo juntos, deixo a mixtape aberta para quem quiser incluir mais músicas!

A foto linda é do Rubens Kato, que encontrou esse grupo na av. Paulista, na última segunda-feira.

Ouçam e participem! ♥

amor  ·  arte  ·  ativismo  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  mixtapes  ·  música  ·  são paulo

17 de junho de 2013

por   /  18/06/2013  /  12:37

Reflexo em fachada de prédio mostra o protesto contra o aumento da passagem de ônibus no Rio de Janeiro, pela Avenida Rio Branco, chegando ao Teatro Municipal, no centro da cidade. A foto é do Fabio Mota, do Estadão.

Dilma, Alckmin, Haddad, Cabral, Sarney, Feliciano, partidos políticos, corrupção, polícia, violência, saúde, educação, cotas, inflação, imprensa, Fifa, Copa do Mundo e, é claro, transporte público. As manifestações que ganharam corpo em São Paulo desde o último dia 6 contra o reajuste das tarifas de transporte tomaram o país ontem e se tornaram um enorme protesto contra tudo e contra todos. > http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidiano/114592-contra.shtml

São, São Paulo, meu amor! Foto de Miguel Schincariol, da AFP.

Foto linda da @elisamatile para o Amores Anônimos! ♥ http://instagram.com/amoresanonimos

As manifestações que tomaram as ruas do país na noite de ontem tiveram invasões e tentativas de entrada em sedes dos poderes Legislativos e Executivos. Em Brasília, onde milhares de jovens se concentraram na Esplanada dos Ministérios, houve ocupação do teto do Congresso. > http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidiano/114600-teto-do-congresso-e-ocupado-grupo-tenta-invadir-sede-do-governo-de-sp.shtml

Os milhares de manifestantes que marcharam ontem nas ruas de grandes metrópoles estão divorciados dos grandes partidos políticos. Nenhuma legenda conseguiu ainda capitalizar a seu favor os protestos. Por essa razão, torna-se imprevisível o desfecho do movimento. Pode resultar em algumas mudanças ou dar em nada. Texto do Fernando Rodrigues > http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidiano/114601-movimento-esta-divorciado-dos-politicos-tradicionais.shtml

A foto é daqui.

As redes, nas ruas, no Brasil. Texto do Silvio Meira. “as redes, em si, não mudam nada: o barulho social dificilmente mudará governos, pelo menos enquanto houver uma representação mediando a democracia. para mudar um estado de coisas, hoje, a articulação em rede tem que ir pra rua, pois as redes são apenas plataformas de conexão para relacionamento e interação. as estruturas de poder estão no mundo real e é nele que as pessoas precisam agir. e pouco adianta, por outro lado, “desligar a rede”, como o egito chegou a tentar: tudo depende da internet, hoje, do próprio governo às bolsas e quase tudo que há em uma sociedade minimamente funcional. desligar a rede é parar o país, e quase não é mais possível em nações estruturadas, ditatoriais ou não.” > http://terramagazine.terra.com.br/silviomeira/blog/2013/06/18/as-redes-nas-ruas-no-brasil/

O Instamission também faz parte do movimento! Fotografe como você muda o país > http://instamission.com/

Carta amarela #58, por Guilherme Poulain. “Pois é. Em mim a carapuça também serviu. E aí, nesse exato momento do país fico pensando se eu não devia começar a revolução por mim mesmo? Fazer barulho adianta sim, e é importante. Talvez se eu começasse a pensar nas pequenas “malandragens” que faço, eu também faria do Brasil um pouco melhor. A gente concentra todas as nossas energias em encontrar os culpados. Uns querem tirar a Dilma do poder. Muitos querem acabar com a corrupção. Mas a corrupção só acaba se entrarem pessoas honestas no poder. Mas quem aí pode levantar a mão de ser 100% honesto? Espero que com esse barulho todo a gente consiga sim mudar o país. E é por isso mesmo que quero me orgulhar de ser um cidadão a altura de um novo país. Se o Brasil está em progresso, que estejamos nós em progresso também.” > http://moldandoafeto.com/2013/06/18/carta-amarela-58-em-progresso/ (obrigada por dividir, Julia!)

Patti Smith, grande musa! > https://www.facebook.com/pages/Patti-Smith/212587898832647

Foto da @carolsorelli.

Foto de Mauricio Lima para o New York Times.

Thousands gather for protests in Brazil’s largest cities > http://www.nytimes.com/2013/06/18/world/americas/thousands-gather-for-protests-in-brazils-largest-cities.html?ref=brazil&_r=0

Brasília!

Do Twitter d’O Globo.

amor  ·  amores anônimos  ·  ativismo  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  internet  ·  jornalismo  ·  são paulo

nova york está com o brasil

por   /  18/06/2013  /  10:49

17 de junho, um dia para nunca esquecer! ♥

Acompanhei pela internet os protestos no Brasil e fiquei emocionada o dia inteiro! Que força, que energia, que esperança, que vontade de mudar o mundo! E sabe o que é melhor? O mundo já tá mudando!

No começo da noite, fui pra Union Square, em Nova York, onde os brasileiros que moram aqui se reuniram para reverberar tudo o que tá acontecendo no Brasil. Foi lindo de ver!

Fiz algumas fotos, que vocês vêem ao longo deste post.

amor  ·  ativismo  ·  escreve escreve  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  nova york  ·  retratos anônimos  ·  são paulo

instamission series do artista chinês cai guo-qiang

por   /  13/06/2013  /  14:07

Em janeiro deste ano a Contente fez uma Instamission junto com o CCBB Brasília, com a missão de inspirar o artista Cai Guo-Qiang sobre o Brasil e sua cultura. Entre as mais de 3.000 fotos enviadas pelos participantes do projeto, o artista escolheu pessoalmente as que mais o inspiravam.

Vejam o filme da seleção:

As imagens foram o ponto de partida para o artista criar uma série intitulada “Instamission”, que conta com 8 desenhos feitos com pólvora.

Vejam a técnica do artista em ação aqui:

http://youtu.be/WFHmaaqOhZw

http://youtu.be/fflJQcFPlOQ

Internacionalmente reconhecido, esta é a primeira vez que Guo-Qiang faz uma exposição individual no Brasil. Ganhador do Leão de Ouro pela Bienal de Veneza, em 1999, e do aclamado Praemium Imperiale, em 2012, o artista mostra em São Paulo, além da inédita série “Instamission”, quadros feito de pólvora, pipas que contam histórias, robôs que pintam e brincam e muito mais do seu universo.

Visitar a exposição, em cartaz até 23/6 no CCBB São Paulo, é um programa imperdível! Não temos palavras para descrever o quanto nos sentimos felizes por fazer parte disso. Parabéns a todos os participantes do Instamission que ajudaram a tornar esse trabalho uma realidade! ♥

CAI GUO-QIANG | DA VINCIS DO POVO

CCBB | Rua Álvares Penteado, 112, Centro, São Paulo. Terça a domingo, das 9h as 21h, até 23//6. Entrada franca.

Fotos da exposição > http://fotos.noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2013/04/18/mostra-da-vincis-do-povo-reune-obras-e-instalacoes-do-artista-chines-cai-guo-qiang.htm#fotoNav=5

Imagens dos participantes do Instamission > http://www.instamission.com/#instamission101

amor  ·  arte  ·  contente  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  instamission

um toque de amor

por   /  12/06/2013  /  12:03

Para comemorar o Dia dos Namorados, uma mixtape chamada Um toque de amor!

De J Dilla a Magnetic Fields, passando por Zezé di Camargo e Luciano, Ella Fitzgerald, Best Coast e Stevie Wonder, a seleção conta com 20 músicas e é bem romântica e apaixonada (isso e o próprio nome da mixtape fazem referência ao slogan de um programa de rádio de Recife que eu adorava!).

Se eu fosse você, ouvia! ♥

A foto é da Elizabeth Weinberg (e eu a vi pela primeira vez no Geração em Crise).

amor  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  mixtapes  ·  música

músicas para ficar alegre

por   /  04/06/2013  /  9:18

Nada melhor do que começar a semana de um jeito feliz e animado, concordam? Pra ajudar nesse mood, fiz uma mixtape bem alegrinha!

Tem Yeah Yeah Yeahs, Asa, Bob Marley, Squeeze, Cat Stevens, Lawrence Arabia, Buju Banton, Jesus and Mary Chain, John Holt, Zombies, Vivian Girls, Japancakes e The Wedding Present.

Se eu fosse você, ouvia! ♥

A foto é do Ka Xiaoxi.

amor  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  mixtapes  ·  música

mixmágoa

por   /  24/05/2013  /  10:13

Pensei me vários nomes pra essa mixtape. Mas tudo soava dramático demais. Resumi em Mixmágoa, que junta músicas para aquela fase em que a relação terminou, mas o amor ainda não acabou 100% nem você alcançou a plenitude da solidão no domingo à noite.

São músicas tristes, é verdade, mas que carregam a vontade de que uma hora tudo fique civilizado e carinhoso. Porque acontece. Mais dias, menos dias. Ou mais anos, menos anos, hehe.

Tem Jards Macalé, The XX, Cake, Roy Orbinson, Rodriguez, Nick Cave, Frank Ocean, Morphine, Leonard Cohen, PJ Harvey, Caetano Veloso e Otis Redding.

Se eu fosse você, ouvia! ♥

A foto é do Seditions.

amor  ·  auto-ajuda  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  mixtapes  ·  música