Favoritos

Posts da categoria "amor"

I’m waiting here

por   /  11/12/2013  /  9:09

A coisa mais linda do dia: Lykke Li cantando “I’m waiting here” no disco mais recente de David Lynch, “The Big Dream”.

I’m alone, look at the sky, my dear
I am not every falling star
Make a wish every time I leave
So we can love until infinity

I’m waiting here
I’m waiting here
I’m waiting here
I’m waiting here
I’m waiting here

Ouçam! ♥

amor  ·  arte  ·  fotografia  ·  música  ·  vídeo

Don’t Touch My Mixtape: Hedonism begins at home, por Kleber Pedrosa (Rebel K)

por   /  10/12/2013  /  9:09

Kleber Pedrosa é Rebel K, DJ recifense que é um dos responsáveis pela ótima festa Sem Loção  – e também por trilhas sonoras cheias de novidade e nostalgia.

Para o Don’t Touch, ele fez uma dessas misturas, em uma mixtape intitulada “Hedonism begins at home”, que ele explica:

‘Hedonism begins at home’ é o nome da série de mixtapes que faço regularmente, bastando para isso ter material musical novo que me inspire. Geralmente são músicas que acabo de descobrir, através do continuo exercício de busca de novas sonoridades da música pop (ma non tropo) contemporânea, misturados com outras que penso que podem fazer bom link com esse novo apurado.

Esse mixtape com tons de psicodelia, tem muito de bandas que buscam referências no passado dos 60s e 70s (Moon Duo, Wooden Shjips, Pond, Foxygen, UMO), novos horizontes para a lisergia freak (Connan Mockasin), o retro espacial do Space, costurados pela eletrônica exótica de Perera Elsewhere, os darlings do Arcade Fire, o one man show do Whitey, que combina eletrônica vigorosa com post punk, o climático e delicioso cool disco do twisted Wire, somados ao goth folk do Death in June e o cover do Depeche Mode feito pelo Royksopp.

Alguma dúvida de que a seleção tá deliciosa?

A foto é do Buenaventura Marco.

Se eu fosse você, ouvia! ♥

Hedonism begins at home 20 para DTMM by Rebel K on Mixcloud

Kleber Pedrosa aka Rebel K, DJ, pesquisador de música avançada, produtor de festas, adora fazer mixtapes e segue sua vida onde a música é seu radar!

amor  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  mixtapes  ·  música

You’re Not Good Enough

por   /  04/12/2013  /  9:09

Blood Orange é Devonté Hynes, cantor, compositor e produtor inglês que já trabalhou com Florence and The Machine, Chemical Brothers e Solange Knowles e que transforma tudo em música deliciosa!

Por aqui, a música “You’re Not Good Enough” não sai do repeat.

Ouçam! ♥

amor  ·  fotografia  ·  música

Fera Vischer

por   /  03/12/2013  /  18:18

Fera Vischer, que nome sensacional para uma banda, ou uns DJs, sei lá!

Melhor deixar a explicação com quem faz o projeto:

Fera Vischer é um projeto multi-disciplinar composto por uma publicação, um EP e uma totebag, todos com tiragem limitada de 75 cópias. O projeto é uma colaboração entre Sometimes Always, Cotton Project, NCE e Meli-Melo Press, e conta com trabalhos de Gabriel Finotti, Luciano Ferrarezi, Marcelo Gerab, Rafael Paixão, Rafael Toledo, Rafael Varandas e Romeu Silveira.

Ouçam! ♥

(Via A Volta)

amor  ·  fotografia  ·  música

Música é o remédio

por   /  03/12/2013  /  14:14

“Quando os tempos estão particularmente difíceis, e você está prestes a cair no desespero, algumas das grandes músicas pop podem fornecer conforto verdadeiro para fazê-lo passar pela dor”, diz a descrição do livro “Don’t Eat the Yellow Snow”, de Marcus Kraft.

Simples e tão legal! ♥

Mais em > http://www.marcuskraft.net/portfolio/2012_dont_eat_the_yellow_snow_01.html

 

 

amor  ·  arte  ·  design  ·  literatura  ·  música

13 músicas para 2013

por   /  02/12/2013  /  18:18

Fiz uma mixtape especial para a Beltrano Musical (que faz, entre várias coisas, o ótimo Popload Gig), com 13 músicas que ouvi MUITO em 2013 ♥

Começa com o remix do Spiritualized para Cut Copy, passa por Keep Shelly in Athens, Unknown Mortal Orchestra, Opala, Darkside, The Orwells, Holy Ghost, King Krule, Kendrick Lamar, The Knife, Daft Punk e termina com Metronomy.

Ouçam! > http://www.beltranomusical.com/noticias/13-musicas-para-2013-e-o-tema-da-nossa-mixtape-do-mes-por-daniela-arrais/

Beltrano Musical – Mixtape Dani Arrais by Beltrano Musical on Mixcloud

Agradecimento especial a Alberto Lins pela arte que ilustra o post!

amor  ·  especial don't touch  ·  fotografia  ·  mixtapes  ·  música

Don’t Touch My Mixtape: 2 anos de Selvagem

por   /  26/11/2013  /  19:15

Sair pra dançar é uma das coisas que mais gosto de fazer. E, toda vez que uma noite é incrível, o mérito é não apenas da minha predisposição para a pista, mas essencialmente de alguma banda ou de algum DJ que consegue me surpreender.

Vi a dupla Selvagem pela primeira vez no meio do ano. A segunda vez foi sábado passado, no Bar Secreto. E confirmei: o som que eles tocam é sensacional!

Na próxima quinta (28/11), o Selvagem comemora dois anos de existência, com uma festa no Madame Satã. Augusto Olivani e Millos Kaiser, que formam a dupla, convidaram uma outra dupla pra animar a pista: os escoceses Optimo.

Alguma dúvida de teremos mais uma noite maravilhosa?

Aproveitando a ocasião, pedi a eles um set especial para o Don’t Touch!

Let’s dance? ♥

A foto é do Jeff Luker.

 

A Selvagem faz festa de 2 anos nesta quinta, no Madame Satã. A dupla Optimo completa a noite > https://www.facebook.com/events/765698120123681/

Selvagem é tanto o nome da dupla formada pelos DJs Millos Kaiser e Trepanado como da festa que fazem no eixo Rio-São Paulo. Na capital paulista, eles organizam mensalmente uma festa dominical no Centro de São Paulo, no Paribar, localizado na Praça Dom José Gaspar, que é considerada uma das melhores da cidade (vide eleição no Guia da Folha em 2012), além de produzir eventos nos quais já contaram com nomes como Justin Strauss (lenda nova-iorquina, o DJ preferido de Basquiat e Keith Haring), Paul Thomson (baterista do Franz Ferdinand), JD Twitch (Optimo), Andy Blake (World Unknown), Severino (Horse Meat Disco) e Eric Duncan (Rub N Tug); no Rio, a Selvagem tem uma residência mensal produzida em parceria com a Comuna, na qual seus DJs tocam por mais de seis horas em festas conhecidas por acabarem só de manhã. A Selvagem promove uma mistura musical livre-associativa que refuta um único gênero musical, preferindo a ideia de que existe música boa e ruim em qualquer estilo, seja disco, rock, eletrônico, funk, soul ou jazz.

amor  ·  arte  ·  especial don't touch  ·  festa  ·  fotografia  ·  mixtapes  ·  música