Favoritos

Posts da categoria "fotografia"

Kim Gordon e Coco Moore

por   /  07/07/2015  /  12:00

Kim e Coco

Kim Gordon e Coco Moore, sua filha com Thurston, posam pra nova campanha do Marc Jacobs.

O estilista escreveu no seu Instagram:

I remember exactly how equally excited (and intimidated) I felt when I first met Kim in 1992. I was a huge fan, and she represented all that was intelligent, unconventionally creative and cool…awkward, powerful, the epitome of artistic credibility and a seductive intensity that I’d never known. In 1992 Sonic Youth were working on a video for their song Sugar Kane, from their album Dirty. My friend Nick Egan was directing it and introduced me to Kim and Thurston. The intimidation I felt disappeared after they’d invited me to their place to talk about the video. Filmed at the Perry Ellis showroom, centered on my grunge collection, while Sonic Youth played, Kims friend Chloe Sevigny starred along with a cast of friends, models and fashion editors (You Tube it)! From that point on, my respect, admiration and friendship with Kim grew. In our first ever ad, photographed by Juergen Teller in 1998 Kim appeared wearing a dress of mine while performing on stage in London. Kim, Thurston, Coco and Louise appeared in our 2003 campaign. SY performed center stage while models walked around them in our Fall/Winter 2008 show. Several times while on tour in Europe, they stayed with me in my Paris apartment..I was excited and impressed to see Coco’s artwork.. I have learned so much about art from Kim. Kim and Coco are photographed here by David Sims. A personal and stunning portrait to end our extraordinary portfolio with. Thank you to all of my endlessly inspiring friends for being part of this campaign. And, to all the amazing talents who’ve made it happen. I am so truly grateful to you all.

Mais no Pitchfork > Kim Gordon Poses With Daughter Coco Moore for Marc Jacobs Fashion Campaign

[via Ju Alves]

fotografia  ·  moda  ·  música

Lendo a internet

por   /  21/04/2014  /  19:19

- Para aqueles momentos em que a gente passa tanto tempo online, um pôster de Jean Jullien > http://shop.jeanjullien.com/collections/frontpage/products/i-feel-so-online

- A coragem de amarelar, por Vanessa Barbara: “Na área de turismo, damos uma ênfase excessiva ao valor da experiência, embora a vida seja feita sobretudo de não experiências, de coisas que optamos por deixar de lado porque não queremos ou não podemos fazer: hipertensos e epilépticos não podem saltar de bungee jump, assim como diabéticos não podem se entupir de doces. Há uma série de aspectos da existência que independem do nosso arbítrio, ao contrário do que acontece dentro do ambiente controlado dos esportes radicais, onde nos sentimos super-heróis capazes de tudo. (Animado, meu guia declarou: “É uma sensação incrível! Você sai de lá achando que é capaz de tudo, tipo… tipo suicídio!”.)” > http://www.hortifruti.org/2014/04/15/coragem-de-amarelar/

- What suffering does: “But notice this phenomenon. When people remember the past, they don’t only talk about happiness. It is often the ordeals that seem most significant. People shoot for happiness but feel formed through suffering.” > http://www.nytimes.com/2014/04/08/opinion/brooks-what-suffering-does.html

- Esposas do Silício, por Flávia Stefani, com ilustração do @liquidpigtm. A vida de uma tech wife californiana que trabalha em casa é mais ou menos assim: você não trabalha em casa. O seu trabalho é ocupar o tempo com qualquer atividade que ajude a não jogar todas as frustrações no casamento. Yoga. Crossfit. Aulas de filosofia. Workshop de meditação. Você lê o dobro do que normalmente leria se tivesse um emprego, em parte porque tem mais tempo para ler, em parte porque é importante que as outras pessoas pensem que ‘Ok, ela fica o dia todo em casa, mas pelo menos ela continua a par das coisas.’ Você passa mais tempo na Internet do que é saudável para qualquer ser humano. Você transforma a sua casa em um mural do Pinterest. Você chama os cachorros da vizinhança pelo nome. Você se pergunta se ter um filho ajudaria a atribuir mais valor ao que faz. Ou, no caso, ao que não faz —você não sabe mais a diferença. Você sente saudade da moça que trabalhava catorze horas por dia, que pagava sozinha o próprio aluguel, a mulher que não era casada com ninguém, que não tinha que se sacrificar por ninguém. Em algum momento da transição de redatora em Nova York para dona de casa do Vale, essa mulher adormeceu. Não é beijo de sapo ou príncipe encantado que irá despertá-la, mas uma carta do departamento de imigração dos Estados Unidos.” > http://ada.vc/esposas-silicio/

- Bailarina brasileira desiste do Bolshoi para fazer engenharia no MIT > http://educacao.uol.com.br/noticias/2014/03/20/bailarina-brasileira-desiste-do-bolshoi-para-fazer-engenharia-no-mit.htm

-Dá para banir e-mails de trabalho depois das 18h? > http://www.bbc.co.uk/news/magazine-26958079

- Como uma garota de 13 anos conseguiu criar sua marca de roupas > http://www.fastcompany.com/3029303/bottom-line/how-a-13-year-old-got-her-fashion-line-in-nordstrom

- Nós não somos dinamarqueses, por Denis Russo Burgierman > http://veja.abril.com.br/blog/denis-russo/cidade/nos-nao-somos-dinamarqueses

- A importância de dizer obrigada, em uma palestra de 3 minutos no TED:

amor  ·  auto-ajuda  ·  etc  ·  ilustracao  ·  internet  ·  jornalismo  ·  moda  ·  trabalho  ·  vida

expressas dtmm

por   /  07/10/2013  /  15:00

- Músicas que enfeitam paredes é um projeto do Gabriel Gariba, que transformou o velho encarte de CD em quadros decorativos. “Foram criados cinco quadros que possuem cinco CDs com canções compostas por mim. Cada quadro possui um design inspirado em cada uma das faixas do EP”, diz ele.

Vejam como ficou! > http://www.musicasqueenfeitamparedes.com.br/

- A MTV acabou (que tristeza!), e a Gaía Passarelli e o Chuck Hipólito continuam aparecendo na tela, desta vez pelo YouTube. Eles criaram o canal Gato & Gata e explicam: “São pequenos quadros, episódios de ‘música doméstica’, como o Forastieri definiu muito bem. A gente tenta levar para o canal o jeito com que lidamos com música aqui em casa: respondemos perguntas, indicamos coisas novas, velhas, comentamos… Enfim: é blablablá musical!”

O vídeo mais legal até agora é o que conta a história do É o Tchan em três minutos. Se você adora música (principalmente nova), assine!

- “Uma Passagem para Mário” é um filme que fala sobre as jornadas e os ciclos da vida, por meio de uma viagem afetiva que parte do Recife, atravessa a Bolívia, até chegar no deserto do Atacama, Chile. Dirigido por Eric Laurence, estréia este mês.

Na página do Facebook, dá pra ver várias pessoas dando depoimentos sobre amizade > https://www.facebook.com/umapassagemparamario

- “Faraway” é um filme que fala de moda de um jeito onírico. Foi feito para o pernambucano Portal Tag It e conta com música composta pela banda Cassidy.

Daniel Edmundson, roteirista e diretor, explica: “O filme é um sonho no qual o armário (ou a moda) serve com portal transformador, levando a personagem de um local para outro. Queríamos trabalhar com esse poder mágico que a moda tem e falar como você pode dominar isso, usando a moda ao seu favor.”

amor  ·  arte  ·  especial don't touch  ·  expressas dtmm  ·  fotografia  ·  moda  ·  música