Favoritos

Posts da categoria "amor"

outra áfrica

por   /  31/01/2013  /  6:50

Another Africa é um Tumblr que mostra em fotos o cotidiano dos africanos de todo o continente.

A definição deles é poderosa: “Art is powerful, it simply needs unleashing and ultimately it will influence, inspire and help to reclaim Africa. The arts are not a first-world luxury, Another Africa is intended to be a constant reminder of this.”

Mais em > http://anotherafrica.tumblr.com/

(Obrigada, Thaís Verçosa, por mandar o link!)

arte  ·  fotografia  ·  moda

kamila transforma

por   /  19/09/2012  /  13:20

Kamila Musilova subverte a utilidade de cada objeto e deixa a gente com uma interrogação no meio da cara.

A ideia, diz ela, é falar da perda de identidade dos objetos fotografados. “O tema das fotografias são representantes para um organismo vivo –o corpo, a planta, que posteriormente transformo em coisas. Graças a essa transformação, o resultado é que os objetos se desvencilham de suas características individuais e ganham novas conotações absurdas.”

Adorei!

Mais em > http://www.kamilamusilova.com/Untitled

arte  ·  fotografia  ·  moda

terminando com a moda

por   /  04/09/2012  /  8:18

Terminando com a moda é um ótimo texto de Jana Rosa, publicado no Petiscos.

Leiam > http://juliapetit.com.br/colunas/jana-rosa/terminando-com-a-moda/

• A gente precisa conversar, já faz um tempo que eu tô adiando esse papo…
• Mas precisava ser nesse lugar tosco?
• Não fala assim desse bar, você sabe que é meu preferido, e só não gosta porque ele nunca tem clientes modernos e não sai nas revistas…
• Não gosto porque tá sempre cheio de pessoas feias e mal vestidas. Bom, vamos ao que interessa que tenho uma reunião às 18h, porque você me chamou aqui?
• Acho que você já sabe mais ou menos… é que… sei lá, eu mudei, tô muito diferente, não tá mais rolando pra mim.
• Eu sei, percebi que você ta ridícula usando mochila e sapatinho boneca de bico quadrado…
• Não seja cruel, por favor, já é muito difícil isso tudo. Não quero brigar com você, só acho que nós seguimos caminhos diferentes, não temos mais muito a ver. Acho melhor a gente dar um tempo.
• Não existe tempo, você sabe. Quer terminar comigo, termina logo.
• Não é isso. Não é terminar. É que acho que acabou o amor, você entende? Sei lá, peguei um pouco de bode, não me sinto mais a mesma de antes, acho que a gente não tem mais nada a ver.
• Isso é fase, você sempre fala isso e depois volta.
• Não, não é fase. Digo, não quero cortar relações com você, você foi tão boa pra mim. E como eu te amei, nossa, não tenho palavras pra verbalizar o quanto. Mas aquele amor já era, eu acho que preciso conhecer outras pessoas, não me sinto bem ao seu lado faz algum tempo.
• E vai fazer o que da vida sem mim? Vai voltar pro interior? Vai usar bolsa combinando com o sapato? Vai ser uma ninguém na semana de desfiles? Esquecida por todos, nunca mais vai ganhar um lançamento de esmalte?
• Talvez…
• Você é ridícula, nunca vai deixar de me amar. Isso é birrinha porque não te dei nada da Miu Miu.
• Não é.
• Ninguém termina comigo, sou eu que me canso das pessoas, começo a achá-las cafonas, datadas, gordas, desinteressantes. Sou eu quem descarto gente que me ama o tempo todo, tendências que eu mesma crio, roupas feias que digo que são bonitas por aí, as vezes em seis meses, as vezes em alguns anos. Me enjôo mesmo, não to nem ai, você é abusada demais de achar que vai me dar o pé.
• Não é o pé, é algo muito cordial, vamos ficar longe por um tempo, não tá mais rolando. É justamente isso que não gosto mais em você, como você trata tudo como um copo plástico. Eu não quero fazer parte disso, acho que sou apegada. É… sou apegada sim, eu ainda gosto de vestido de manga comprida de paetê!
• Que horror!!!
• E eu só sei andar em dois sapatos de salto, não quero mais mentir pras pessoas que não sinto dor no pé.
• Nossa, que loser!
• Pra falar a verdade, também nem tenho dinheiro pra arcar com suas extravagâncias, nunca comprei nada caro, tudo que eu tenho mais chique eu ganhei de presente, e… nem sei como dizer isso… mas pago aluguel e só consegui viajar pra fora porque parcelei a passagem em dez vezes e vou fazer uma parada no Canadá.
• Meu Deus, você é uma farsa!
• Farsa não, eu só não sou o que você esperava que eu fosse. Eu tentei, mas era tudo roupa emprestada, aquele smoking branco que usei naquele jantar, sabe, tive que devolver. E antes que você ouça da boca de outra pessoa, preciso te contar, odeio Paris.
• Não! Isso já não posso aceitar!
• E nunca fiz babyliss no salão.
• E arruma o cabelo como?
• Saio com ele molhado na rua…
• Meu Deus!
• Mas tem uma coisa que você precisa saber… odeio renda, acho que você passou dos limites! Ninguém aguenta mais, as pessoas riem de você pelas costas porque você não para com essa mania.
• O que? É só o que me faltava! Já chega! Você é péssima! Sou eu quem quer terminar com você agora, nunca mais apareça na minha frente. E se ousar, te coloco no standing pra ver desfile em pé. Se me encontrar na rua, atravesse sem me cumprimentar. Adeus!
• Não, calmaí! Não vai embora assim! E tudo que vivemos? Ei, não podemos ser amigas? Ei! Volta aqui!

Ai meu Deus… que imatura…

(Obrigada por compartilhar, Luiza Voll!)

fotografia  ·  literatura  ·  moda

playlist da tavi gevinson

por   /  28/08/2012  /  9:02

A Tavi Gevinson é aquela menina que deslumbrou o mundo da moda, flertou com o cinema, criou uma revista pra meninas da idade dela (a Rookie Mag > http://rookiemag.com/). É a garota-prodígio que sempre surpreende a gente.

Até com uma mixtape: no 8tracks, ela misturou Grimes com Pavemente e New Order e me lembrou de como era tão maravilhoso descobrir todas as músicas do mundo quando tinha a idade dela!

Ouçam > http://8tracks.com/tulletulle/let-s-not-suck

(Obrigada, @crisnaumovs, por compartilhar!)

amor  ·  arte  ·  moda  ·  música