Favoritos

“Meu ano de descanso e relaxamento”, de Otessa Moshfegh

por   /  06/07/2019  /  13:13

Otessa

Quando o livro é bem escrito a gente lê mesmo que não se identifique tanto com a história. “Meu ano de descanso e relaxamento”, de Otessa Moshfegh (@todavialivros, com tradução de @julianacunha), é um romance que descreve um experimento de hibernação de uma mulher jovem, bonita, que trabalha em uma galeria de arte e nunca mais vai precisar se preocupar com dinheiro na vida. Em uma Nova York do começo dos anos 2000, pré-11 de Setembro, ela sente um vazio gigante, apesar de todo o privilégio. E resolve lidar com isso dormindo. Por um ano. Com remédios prescritos por uma psiquiatra sem a menor condição de exercer a profissão, ela começa o experimento. Mistura de tudo e mais um pouco, se dá uns sossega-leão, enquanto o máximo que consegue fazer é caminhar até a loja de uns egípcios para se reabastecer de café e biscoito de bichinho e receber visitas de uma amiga dedicada que ela despreza. Sabe aqueles momentos na vida em que dá uma vontade de fugir do mundo, das pressões e cobranças, das pessoas? A protagonista faz isso de um jeito radical. Cansada, ela se aliena, dorme, fica grogue, tem apagões. Fiquei imaginando ela fazendo a Lana Del Rey e dizendo “preferia estar morta” (aliás, em vários momentos ela me lembrou exatamente a @estarmorta!). Li como se estivesse assistindo a um seriado, curiosa pra saber o que vinha depois, intrigada com aquele tanto de letargia e falta de enfrentamento – e com vontade de dar uns sacodes nela, haha.

#bibliotecadonttouch

Deixe seu comentário