Favoritos

no ônibus

por   /  30/11/2010  /  22:03

Por Raquel C., do Não sente ao meu lado > http://naosenteaomeulado.blogspot.com/

bom, aí eu tava lá chorando no ônibus.
não que eu seja descontrolada. nada a ver. sou uma pessoa dinâmica e ligada nas últimas estratégias de otimização de tempo. tô de bobeira no ônibus, como posso aproveitar esses minutos ociosos? dando uma choradinha. que aí eu chego em casa e já passei por essa etapa, posso me matar direto.
enfim, eu tava lá. chorando no ônibus, meio de lado, olhando pra janela. o ônibus cheio, mas não muito, algumas pessoas em pé. aquele calor senegalesco. esbarram na minha cabeça. ok.

esbarram de novo.
de novo de novo de novo.

notei uma certa sincronia e imediatamente pensei: tem alguém batendo com o pau na minha cabeça.
não me perguntem como eu soube. é todo um instinto para coisas inúteis. olhei de ladinho e tcharam! uma pessoa de pau duro estava se aproveitando dos mínimos movimentos do ônibus pra contemplar meus cabelos com uma pirocada.
nesse ponto você suspende todas as atividades e pensa que sua vida é uma piada muito ruim. ou então é de um humor tão sofisticado* que você, por ser tosca, não consegue compreender.
por essas e outras que nem valem ser mencionadas, cheguei em casa e concluí que ainda é 2009. nunca saímos de 2009. 2010 é só um fake desse ano interminável e sem noção.
faz parar.

(*isso significa que trocadilhos envolvendo a expressão “foder com a sua cabeça” não estão permitidos. abracinho.)
_________________________________________________________________________________________
A foto é da Amber Maria Chavez

7 Comentários Deixe seu Comentário

  • Leila • 30.11.2010 @ 22:22 responder

    sacanagem!! é bem nos dias que estamos mesmo a fim de sumir que nos enxergam, né? e da maneira mais suja! se eu falar que já aconteceu algo parecido, não pense que é coincidência… o mundo é que tá sempre de sacanagem quando a gente ta zuada! mas a boa notícia que depois a gente se ri, de raiva, ódio, ou pq é bizarro mesmo! e passa…

  • Felipe Lins • 1.12.2010 @ 02:39 responder

    é, colega, pra morrer e levar pirocada no ônibus, basta estar vivo! ninguém tá livre disso, viu. por essas e outras sou super a favor de plaquinhas pro pescoço de do not disturd.

  • Érica • 1.12.2010 @ 07:24 responder

    Olha, eu já passei por uma situação bem parecida.
    Pelo menos, você não está sozinha…

    Beijo!

  • Maiara • 2.12.2010 @ 01:10 responder

    “cheguei em casa e concluí que ainda é 2009. nunca saímos de 2009. 2010 é só um fake desse ano interminável e sem noção. faz parar.” É EXATAMENTE COMO EU PENSO. adorei! HAHAHA

  • Líria • 2.12.2010 @ 14:34 responder

    Nossa muito bom esse texto
    hahaha

  • Fernanda • 4.12.2010 @ 23:17 responder

    Eu conheço esse blog. Gente que internet pequena.

Deixe seu comentário