Favoritos

Posts da tag "lançamento"

stela campos lança novo cd

por   /  05/06/2009  /  3:34

stela

gosto de stela campos desde quando ouvi “veneno”, na trilha de “o baile perfumado”. devia ter uns 12, 13 anos.. aí depois fui saber que ela tinha feito parte do lara hanouska, do funziona senza vapore, com o pessoal do fellini, que ela circulava pela cena manguebit em recife…

sempre gostei da voz forte dela, da escolha de repertório acertada, das influências claras de velvet underground, de um krautrock aqui, de um mutantes ali, de serge gainsbourg… tanta coisa boa! voz de diva que canta depois de ter passado noites fumado muito cigarro, mesmo que não tenha tragado nenhum _intimista sem sem enfadonha, rock’n'roll sem ser afetada. no ponto certo

depois de homenagear o gênio daniel johnston com um ep, stela lança seu novo disco, o “mustang bar”. o show de lançamento acontece sábado, no espaço +soma

dá pra ter uma prévia no site da alavanca

MAS, Ó, PRESTEM ATENÇÃO!

quer ganhar o cd dela? aquela coisa física, bonita, com encarte lindo feito por juliângela e tudo mais? deixa um comentário dizendo porque você quer ouvir esse disco. a melhor resposta, escolhida por mim e pela minha e-n-o-r-m-e equipe (ho ho), leva!

e, claro, façam o favor de ir ao show!  =)

stela campos lança “mustang bar” no espaço +soma
sábado, 6/junho, às 19h (rua fidalga, 98, vila madalena)
informações – info@maissoma.com / 11 3034.0515

lançamento: thiago pethit

por   /  15/04/2009  /  11:17

fotos_tp_por_autumn_sonichson-4

capinhas fuga4

thiago pethit é aquele tipo de cantor que você ouve e se surpreende: pela voz bonita, as letras bem construídas e as melodias caprichadas, cheias de detalhes que combinam perfeitamente

ele surpreende ainda mais ao vivo. é o menino que canta em inglês, francês e espanhol e ainda arrisca um pouquinho de grego, embalado por uma graça forte e, ao mesmo tempo, sutil _coisa que só ele consegue e que me dá uma alegria nesses tempos de músicas pasteurizadas que me fazem pensar: “adoraria ouvir isso se tivesse menos de 20 anos”

o pequeno pethit lança hoje seu novo single, “fuga nº 1″, exclusivamente pela internet, com uma ação que envolve vários blogs e sites, como o don’t touch   =)

ele explica que o single é uma extensão do seu ep “em outro lugar”. o tema onírico tem um clima circense inspirado nas trilhas que nino rota criou para as imagens do cineasta italiano federico fellini e nos arranjos que rogério duprat fez para os mutantes. “a letra veio de um sonho que tive e achei que seria interessante se esta fuga de que ela fala lembrasse também uma fuga da realidade”, diz

as letras e o arranjo são de pethit, que teve a colaboração dos músicos maurício fleury (glockenspiel), pedro pena (ukelele), pedro falcão (bateria e percussão) e henrique guimarães (tuba e trombones) nas gravações em estúdio

para baixar “fuga nº 1″, clique aqui. se não conseguir, tente aqui

aproveitem e leiam entrevista: thiago pethit

a foto aí é cima é de autumn sonichson

ao vivo

last but not least, pethit se apresenta hoje no studio sp, no projeto cedo e sentado. recebe como convidados a cantora tulipa ruiz e o vocalista da banda vanguart, helio flanders. no próximo dia 29, fica ainda mais imperdível: sobem ao palco silvia machete e nina becker, além do músico dudu tsuda

studio sp – rua augusta, 591, consolação
a partir das 21h
hoje (15) e dia 29
grátis

shasharme *

por   /  04/02/2009  /  8:00

ben

ben kweller sempre foi “walk on me” e “sha sha” pra mim. há umas semanas, tive uma compulsão por ouvir coisa nova, já que no meu ipod de capacidade gigante eu me reduzo a 25 mais tocadas. entre um monte de porcaria, descobri umas pérolas, como o novo cd do mesmo ben kweller

“changing horses” é música pra embalar uma noite quente como essa, que, vezemquando, solta uns ventinhos pra gente agüentar. o disco tem doçura, melancolia, letras que você tem vontade de tirar do contexto e usar numa camiseta _ou no nick do gtalk, se você for da turma mais preguiçosa

o disco, acabei de descobrir via myspace, foi lançado ontem na américa latina. é bom do começo ao final, simplesmente porque flui e não faz você ter vontade de mudar a playlist. e porque faz você repetir as músicas o tempo todo, naquele processo de “estabelecimento gradativo do grude auditivo”

tem guitarrinha texana em “fight”, que dá vontade de ir correndo pro saloon mais próximo _a música já ganhou clipe oficial. tem baladinha que lembra lemonheads _”hurtin’ you”, que é minha preferida de agora. tem a gostosa “things i like to do”, perfeita pra embalar e inspirar qualquer começo de relacionamento. tem “wantin’ her again”, country na medida gram parsons da coisa

uma delícia de disco, viu? acendam um cigarro, peguem sua bebida preferida, deitem na rede e aproveitem =)

* ok, é cretiníssimo o título desse post, haha

ben2

amor  ·  música