Favoritos

Talita Avelino: “A música é minha crença”

por   /  10/04/2018  /  12:12

talita

Ao ouvir “O bom da vida”, de Talita Avelino, comecei a fazer uma playlist intitulada Autocuidado. Ainda não terminei, mas ouço essa música várias vezes, é tão good vibes! Parti pra escutar disco inteiro dela, o “Azul Bahia”, e logo depois fizemos uma entrevista rápida.

Ouçam essa cantora paulistana radicada em Salvador que fala de amor e ancestralidade.

Mais: @taliavelino

– O que a música representa na tua vida?

A música representa muita coisa. A música é minha crença, minha forma de viver, meu manifesto . Todos os dias eu ouço uma canção, toco um instrumento, faço música. É como se fosse uma necessidade absurda pra viver, a minha respiração. Tenho a impressão que através da música eu me comunico melhor do que quando falo.

– Ser mulher na música significa….

Resistência, voz, amor, delicadeza. Significa tanto e tanta coisa. Significa cantar suas dores, conquistas, revelar seu feminino e sua força. Revelar nossos potenciais que são fortes e preciosos. A voz feminina é algo único dentro de uma música. Fora as mulheres instrumentistas com sua sensibilidade .

– No que você tá trabalhando agora?

Atualmente , estou divulgando e circulando o meu disco “Azul Bahia”, recentemente lançado pelo Natura Musical. Estamos divulgando e firmando o público em Salvador. Segundo semestre pretendo circular em algumas capitais do Brasil com esse novo som.

– Me indica uma música que você ama desde sempre? E uma que você tá apaixonada recentemente?

Tem musicas que a gente se apaixona e desapaixona , já tem outras que sempre farão parte da nossa playlist. Uma canção que sempre me acompanha é “Da Maior Importância” de Caetano.

E uma canção que tenho escutado apaixonadamente nos últimos dias é “Dorival”, da banda pernambucana Academia da Berlinda.

Deixe seu comentário